PUBLICIDADE
IPCA
-0,38 Mai.2020
Topo

Veja se vale investir em fundo que reduz perda, mas também tem ganho menor

Sophia Camargo

Do UOL, em São Paulo

23/05/2014 06h00

Quem busca oportunidades para diversificar os investimentos deve se informar se seu banco oferece fundo de capital protegido.

Esse tipo de aplicação limita as perdas para o investidor, garantindo o total ou parte da aplicação inicial. Por outro lado, em troca dessa proteção, o investidor terá também um limite de ganho.

Luiz Calado, vice-presidente do Ibef-SP (Instituto Brasileiro de Executivos de Finanças de São Paulo) e autor do livro "Fundos de Investimento", explica que neste tipo de fundo o investidor aplica seu dinheiro em um lugar que tem risco, mas sem correr todo o risco, já que seu capital está protegido.

Segundo ele, o investidor troca a oportunidade de um ganho extraordinário pela garantia de que não irá perder todo o dinheiro.

Conheça o fundo de capital protegido

  • O que é

    Fundo que garante o total ou parte da aplicação inicial

  • Para quem é indicado

    Para quem quer começar a investir em renda variável sem correr muito risco

  • Como investir

    Procure o seu banco ou corretora e veja se há fundos abertos à captação no momento

  • Vantagens

    Protege parte ou todo o capital investido; investidor limita perdas

  • Desvantagens

    Ganhos limitados. Resgate só na data permitida

Segundo o economista, é uma boa opção para quem quer começar a investir em renda variável, mas não aceita ou não pode correr todo o risco desse tipo de aplicação.

Um exemplo ajuda a entender como funciona o fundo de capital garantido. No caso de um fundo de capital protegido que siga a Bovespa, mesmo que a Bolsa tenha desempenho negativo, ele devolve o valor total ou parcial que o investidor aplicou.

Mas, se a Bolsa tiver um resultado excepcional, o fundo vai limitar o ganho para o investidor a, por exemplo, 20% da alta do Ibovespa.

Banco do Brasil, Bradesco, Caixa Econômica Federal, HSBC e Itaú possuem esse tipo de investimento, mas os fundos estão fechados para novas captações no momento. Citibank e Santander estão com grupos abertos para clientes até a próxima semana.

Economia