! Investimentos - Finanças Pessoais - UOL Economia

UOL EconomiaUOL EconomiaFinanças Pessoais
UOL BUSCA

Investimentos

30/09/2009 15h58

Embraer anuncia que vai lançar títulos de sua dívida

Anne Dias
A Embraer anunciou que vai lançar títulos de sua dívida, com vencimento em 2020, na Bolsa de Nova York. Um dos objetivos da empresa é pagar dívidas de curto prazo. A data do lançamento ainda não foi divulgada.

E o que o minoritário que tem ações da Embraer na BM&Fbovespa tem a ver com isso? E o investidor que não tem Embraer em sua carteira?

Alguns analistas acreditam que esse lançamento possa valorizar as ações da empresa aqui no Brasil. "Ela está melhorando o perfil de sua dívida para poder fazer outros investimentos", diz Marcos Machado, analista de investimento da BI-Invest.

Para Machado, enquanto a Embraer não lança os papéis de sua dívida, o momento pode ser propício para quem queira comprar ações da empresa.

"São ações que não representam um alto risco e que fazem parte do Índice Bovespa, o Ibovespa, que reúne as 50 empresas mais negociadas", afirma.

O fato de ter caixa e ainda assim lançar títulos para pagar dívidas de curto prazo não assusta os analistas.

"Esta é uma característica do setor: manter o caixa elevado", diz Jayme Alves, analista de investimento da corretora Spinelli. Segundo ele, a Embraer tem R$ 3,6 bilhões em caixa e uma dívida de cerca de R$ 3 bilhões com vencimento em até um ano.

Investimento

Comprar títulos de dívidas de grandes empresas, em geral, é uma tarefa para grandes investidores, principalmente os institucionais, como bancos e fundos de pensão.

Nada impede que o investidor individual compre esses papéis da Embraer. "O risco é o mesmo do mercado acionário", diz Jayme Alves, da Spinelli.

O fato de os títulos vencerem daqui a 11 anos, em 2020, não quer dizer que o investidor terá de ficar com eles até lá.

"É possível vender no mercado secundário sem deságio", afirma o economista Cláudio Gonçalves, diretor da consultoria Planning.

Hospedagem: UOL Host