PUBLICIDADE
IPCA
-0,68 Jul.2022
Topo

Dá para sacar dinheiro com cartão Nubank; dicas deixam transação sem taxas

Saiba como realizar saque em dinheiro vivo do cartão Nubank - Rafael Henrique/SOPA Images/LightRocket via Getty Images
Saiba como realizar saque em dinheiro vivo do cartão Nubank Imagem: Rafael Henrique/SOPA Images/LightRocket via Getty Images

Felipe Held

Colaboração para UOL

28/06/2022 04h00

Uma das principais dúvidas de quem tem ou pensa em ter conta em banco digital, como o Nubank, é como sacar dinheiro com cartão, uma vez que o banco não possui agências físicas nem terminais próprios de autoatendimento, os populares caixas eletrônicos.

Antes de mais nada, é importante saber que é possível sim sacar dinheiro com um cartão Nubank, seja na função débito ou crédito. Em ambas os casos, entretanto, o cliente estará sujeito à cobrança de algumas taxas.

Segundo determinação do Banco Central (Bacen), pessoas físicas clientes de bancos têm direito à gratuidade de até quatros saques por mês no caso de contas de depósito à vista (mais conhecidas como contas correntes) ou dois, em contas de depósito em poupança (conta poupança).

O Nubank, porém, é considerado uma conta de pagamentos pré-paga e não se enquadra em nenhuma dessas duas categorias. Como não há regulamentação específica, o banco opta por repassar ao consumidor as taxas do serviço - há outras instituições similares que preferem absorver este custo, como o Banco Inter.

Como sacar dinheiro com um cartão Nubank

Saque no cartão de débito

O saque do cartão de débito do Nubank está disponível em caixas eletrônicos da rede Banco24Horas e Saque e Pague. Cada transação tem o custo fixo de R$ 6,50 referente à tarifa de saque - independentemente do valor da retirada. O banco argumenta que este valor "é somente um repasse dos custos" que possui com as redes de terminais de autoatendimento e que não lucra com a operação.

Entretanto, não é somente a esta tarifa R$ 6,50 à qual o cliente está sujeito quando vai sacar dinheiro de um cartão Nubank. O banco informa que alguns caixas podem cobrar ainda uma outra quantia, esta referente à taxa de conveniência, que será informada antes de a transação ser finalizada.

"Ela é determinada pela rede que controla aquele terminal e será somada ao valor sacado pelo consumidor. Ou seja: além dos R$ 6,50 cobrados pelo Nubank, o cliente pode ou não pagar também uma taxa de conveniência, a depender da máquina onde realizar o saque", explica o banco, em seu site oficial, mas sem especificar em quais contextos pode haver esta cobrança.

Os limites para retiradas na função débito são de R$ 3.000 em uma mesma transação e também por período 24 horas. Entretanto, caso o caixa eletrônico utilizado tenha um limite próprio para saques, este se sobrepõe aos do Nubank.

Uma vez em um terminal do Banco24Horas ou Saque e Pague, o passo a passo para a retirada do dinheiro é simples:

  • Selecionar o idioma (português ou inglês)
  • Escolher a função débito para realizar o saque
  • Escolher a opção de sacar na conta corrente

Saque no cartão de crédito

Caso o cliente não tenha a NuConta habilitada, também é possível realizar retiradas a partir do cartão de crédito. No entanto, essa ação não é considerada um saque, e sim um empréstimo emergencial, estando sujeita à cobrança de juros. O próprio banco digital orienta que seus clientes evitem essa modalidade, realizando-a somente em caso de necessidade imediata de dinheiro vivo ou de estar fora do Brasil.

Para sacar dinheiro de um cartão Nubank na função crédito, o cliente deve procurar caixas eletrônicos da rede Cirrus, pertencente à MasterCard (mesma bandeira dos cartões roxinhos). O valor sacado é considerado uma transação na fatura e, sobre ele, incidem juros de 9,75% ao mês do dia da retirada até a data de vencimento da fatura vigente. Dependendo do valor e do dia do mês em que é realizada, a operação pode sair mais cara do que se houvesse a cobrança de tarifas fixas da NuConta.

Também é importante mencionar que, nesta modalidade, há um valor máximo para os saques, que corresponde a 15% do limite da fatura do cliente e com um valor máximo de R$ 2.500. Ou seja: se o limite mensal da fatura é de R$ 1.000, o saque não deve exceder R$ 150. Já se o cliente possui um limite de R$ 20.000, é permitido retirar no máximo R$ 2.500 (e não os R$ 3.000, que corresponderiam a 15% de R$ 20.000).

Como sacar dinheiro de um cartão Nubank sem pagar taxa?

Apesar de toda a explicação dada anteriormente, é possível usar um macete relativamente óbvio para conseguir sacar dinheiro de um cartão Nubank sem pagar taxa de conveniência e nem tarifa de saque. Para isso, o cliente deve ter conta em outro banco ou instituição financeira que ofereça a gratuidade do serviço.

Basta, então, transferir o valor por Pix, TED ou DOC (que não são cobrados pelo Nubank) para o banco desejado e, então, realizar a retirada das cédulas na boca do caixa ou em terminais de autoatendimento. É preciso atentar que somente o Pix é realizado instantaneamente: TED e DOC podem não ser compensadas no mesmo dia útil.

Além da dica acima, o Nubank oferece a modalidade "Saque Pix" e "Pix Troco" em estabelecimento comerciais. Elas funcionam da seguinte forma:

  • Pix Saque: o usuário faz a leitura de um QR Code, faz um Pix para o estabelecimento e recebe o dinheiro físico total do Pix feito. Por exemplo: faz um Pix de R$ 100 e recebe o valor de R$ 100 em notas do estabelecimento.
  • Pix Troco: o dinheiro físico recebido nesse caso é a diferença entre o valor da compra feita e o valor do Pix. Por exemplo: faz uma compra de R$ 50 no local e um Pix de R$ 100, recebendo uma nota de R$ 50 como troco.
Há regras para esse tipo de transação: há limite de R$ 500 durante o dia e R$ 100 durante a noite, sem cobranças de tarifas.
Segundo a instituição financeira ambas as modalidades estão disponíveis em estabelecimentos comerciais diversos como padarias, mercados, lojas e casas lotéricas cadastrados para esse fim - são 16 mil estabelecimentos pelo Brasil, segundo o BC.

Guia de Economia

Guia de Economia