PUBLICIDADE
IPCA
-0,38 Mai.2020
Topo

IR 2020: Fez saque do FGTS no ano passado? Veja como declarar

26/06/2020 04h00

Se você fez o saque imediato de R$ 500 ou de até R$ 998 do FGTS (Fundo de Garantia do Tempo de Serviço) no ano passado, esse valor deve ser informado na declaração do Imposto de Renda 2020.

Porém, não são todos os trabalhadores que precisam fazer o Imposto de Renda. Apenas aqueles que se enquadram em pelo uma das exigências para entrega da declaração do IR 2020 deverão informar o valor retirado do FGTS.

Quem sacou mais de R$ 40 mil do FGTS em 2019, seja por causa de demissão, ou para compra de imóvel, ou por outro motivo qualquer, está obrigado a apresentar o IR 2020.

O contribuinte que sacou menos de R$ 40 mil, mas está enquadrado em alguma outra situação que o obrigue a apresentar a declaração do IR 2020, também deve informar na declaração o valor do FGTS recebido.

O procedimento para preencher a ficha da declaração é o mesmo para quem sacou R$ 500, R$ 40 mil, ou qualquer outro valor do FGTS. Veja abaixo como fazer.

FGTS deve ser declarado na ficha de rendimentos isentos

O FGTS é considerado um rendimento isento, logo ele não irá alterar a base de cálculo do seu IR, independentemente da quantia sacada do fundo.

Porém, os valores sacados devem ser informados na declaração para comprovar a origem do dinheiro, especialmente no caso de quantias elevadas, e evitar que você caia na malha fina da Receita Federal.

O valor sacado do FGTS deve ser informado na ficha "Rendimentos Isentos e Não Tributáveis". Localize a ficha no menu esquerdo do programa de preenchimento da declaração do IR 2020. Em seguida, clique em "Novo".

Na nova janela, escolha o "Tipo do Rendimento" pelo código 04 (Indenizações por rescisão de contrato de trabalho, inclusive a título de PDV, e por acidente de trabalho; e FGTS).

Em seguida, escolha o "beneficiário", que pode ser o "titular", se a conta do FGTS for sua, ou "dependente", se o saque foi feito do FGTS de um de seus dependentes.

Informe o CNPJ e o nome da fonte pagadora. No caso do FGTS, a fonte é a Caixa Econômica Federal (CNPJ 00.360.305/0001-04). Informe o valor total do saque em 2019 e conclua o preenchimento da ficha clicando em "OK".

O que você precisa saber sobre IR 2020

Tire suas dúvidas com um especialista no grupo do UOL
Faça o download do programa para declarar
Quer pagar menos imposto? Veja lista do que pode descontar ou não
Já conferiu se você tem mesmo de declarar neste ano?
Prazo vai até 30 de junho, e multa pode ser bem maior do que parece
Leia respostas às principais dúvidas sobre a declaração

Veja mais economia de um jeito fácil de entender: @uoleconomia no Instagram.
Ouça os podcasts Mídia e Marketing, sobre propaganda e criação, e UOL Líderes, com CEOs de empresas.
Mais podcasts do UOL em uol.com.br/podcasts, no Spotify, Apple Podcasts, Google Podcasts e outras plataformas.

Caiu na malha fina? Veja orientações da Receita

UOL Notícias

Imposto de renda