PUBLICIDADE
IPCA
0,87 Ago.2021
Topo

ANÁLISE

Texto baseado no relato de acontecimentos, mas contextualizado a partir do conhecimento do jornalista sobre o tema; pode incluir interpretações do jornalista sobre os fatos.

Setor de saneamento terá novos leilões; como ficam as ações da Sabesp?

Sabesp: os preços das ações SBSP3 poderão reagir positivamente às perspectivas de novos leilões no curto prazo. - Gabriel Cabral/Folhapress
Sabesp: os preços das ações SBSP3 poderão reagir positivamente às perspectivas de novos leilões no curto prazo. Imagem: Gabriel Cabral/Folhapress
Conteúdo exclusivo para assinantes

Felipe Bevilacqua

29/09/2021 09h20

Hoje vamos analisar o impacto de novos leilões no setor de saneamento sobre as empresas estatais listadas em bolsa e vamos conversar sobre o desfecho positivo para Eletrobras (ELET3) do processo de fiscalização da Aneel na CCC.

O UOL tem uma área exclusiva para quem quer investir seu dinheiro de maneira segura e lucrar mais do que com a poupança. Conheça!

Confira a seguir a análise de Felipe Bevilacqua, analista e sócio-fundador da casa de análise Levante Ideias de Investimento. Todos os dias, Bevilacqua traz notícias e análises de empresas de capital aberto para você tomar as melhores decisões de investimentos. Este conteúdo é exclusivo para os assinantes do UOL.

Novos projetos de saneamento aquecem o setor

O setor de saneamento segue aquecido após a aprovação da nova lei do setor, em 2020. Para os próximos meses, o BNDES já tem em vista seis concessões, com os primeiros dois blocos regionais estruturados nos padrões do novo marco legal em Alagoas, que deverão ser licitados em 13 de dezembro.

Ao todo, são seis leilões de saneamento programados para os próximos meses, com outros cinco projetos estaduais ainda em negociação. Além dos dois projetos em Alagoas, a lista contempla um bloco no Rio de Janeiro, dois no Ceará e um em Porto Alegre (RS), com os contratos somando cerca de R$ 16,4 bilhões de reais em investimentos, em sua totalidade.

A notícia é positiva para o setor de saneamento. Desde a aprovação do novo marco legal, 78 novos blocos regionais foram criados pelos estados e outros 47 estão em processo de aprovação. O setor está aquecido e ainda há um grande potencial para novos projetos de concessão.

Nesse contexto, os preços das ações da Sabesp (SBSP3) poderão reagir positivamente às perspectivas de novos leilões no curto prazo. A empresa paulista é possível candidata a participar das futuras concessões, já tendo apresentado interesse por algumas propostas. As companhias Sanepar (SAPR11) e Copasa (CSMG3) devem ser neutras à notícia, uma vez que não demonstraram interesse em realizar operações em outros estados.

A expectativa é que as novas concessões atraiam também grupos de diferentes setores, como ocorreu no leilão da Companhia Estadual de Águas e Esgotos (Cedae), no Rio de Janeiro, e no leilão do serviço de água e esgoto do Amapá, no qual a Equatorial Energia (EQTL3) sagrou-se vencedora.

Aneel encerra processos de fiscalização da CCC

Foi deliberado pela Agência Nacional de Energia Elétrica o resultado da fiscalização e o reprocessamento mensal dos benefícios da Conta de Consumo de Combustíveis (CCC) pagos à Centrais Elétrica de Rondônia (Ceron), à Companhia de Eletricidade do Acre (Eletroacre) e à Boa Vista Energia, entre julho de 2016 e abril de 2017.

No resultado, ficou determinado que a Eletrobras receberá crédito de R$ 806,5 milhões na Ceron, e terá de saldar um passivo de quase de R$ 100 milhões na Eletroacre. Na Boa Vista Energia, a Eletrobras deverá devolver aproximadamente R$ 50 milhões, referentes ao período de julho de 2009 a junho de 2017.

Por fim, a Aneel deliberou um crédito de R$ 2,7 bilhões a serem recebidos pela companhia estatal de energia. O pagamento será feito em 60 parcelas mensais, atualizadas pelo índice nacional de inflação (IPCA), e terá início previsto no orçamento da Conta de Desenvolvimento Energético (CDE) de 2022.

A Eletrobras já registrou nos resultados do segundo trimestre de 2021 um valor de R$ 2,7 bilhões, referente a créditos assumidos das distribuidoras que se realizariam com o pagamento da CCC ao término do processo de fiscalização.

Este material foi elaborado exclusivamente pela Levante Ideias e pelo analista Felipe Bevilacqua (sem qualquer participação do Grupo UOL) e tem como objetivo fornecer informações que possam auxiliar o investidor a tomar decisão de investimento, não constituindo qualquer tipo de oferta de valor mobiliário ou promessa de retorno financeiro e/ou isenção de risco . Os valores mobiliários discutidos neste material podem não ser adequados para todos os perfis de investidores que, antes de qualquer decisão, deverão realizar o processo de suitability para a identificação dos produtos adequados ao seu perfil de risco. Os investidores que desejem adquirir ou negociar os valores mobiliários cobertos por este material devem obter informações pertinentes para formar a sua própria decisão de investimento. A rentabilidade de produtos financeiros pode apresentar variações e seu preço pode aumentar ou diminuir, podendo resultar em significativas perdas patrimoniais. Os desempenhos anteriores não são indicativos de resultados futuros.

PUBLICIDADE

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do UOL