PUBLICIDADE
IPCA
0,73 Dez.2021
Topo

Mater Dei compra hospital em GO, e XP divulga prévia de 2021; veja análise

Conteúdo exclusivo para assinantes

Felipe Bevilacqua

13/01/2022 09h20

Hoje comentaremos a compra de um hospital localizado em Goiânia pela Mater Dei e falaremos a respeito da prévia de resultados da XP, que veio acima das expectativas.

Confira a seguir o comentário de Felipe Bevilacqua, analista e sócio-fundador da casa de análise Levante Ideias de Investimento, sobre essas movimentações. Todos os dias, Bevilacqua traz notícias e avaliações de empresas de capital aberto para você tomar as melhores decisões de investimento. Este conteúdo é acessível para os assinantes do UOL. O UOL tem uma área exclusiva para quem quer investir seu dinheiro de maneira segura e lucrar mais do que com a poupança. Conheça!

Mater Dei compra hospital em Goiânia

A rede Mater Dei (MATD3) anunciou a compra de 95% do Hospital Premium, em Goiânia. O hospital adquirido está localizado no maior município da região Centro-Oeste, em termos de população e número de beneficiários, favorecida também pelo forte crescimento do agronegócio. Apesar do crescimento, a região é carente de hospitais de referência em qualidade assistencial acessíveis à maior parte dos beneficiários.

O Hospital Premium, em oito anos de existência, se tornou um hospital geral de alta complexidade, com capacidade instalada para 156 leitos. O Premium terminou 2021 com 80 leitos operacionais. Além disso, ele possui 10 salas cirúrgicas e 28 UTIs (Unidade Terapia Intensiva), com uma expansão projetada para 13 salas cirúrgicas e 44 UTIs.

Ademais, se considerarmos a capacidade instalada do hospital, o múltiplo EV/Leito (valor da empresa sobre leito) da operação foi de R$ 1,6 milhão por leito. A compra do Hospital Premium foi a quarta aquisição da Mater Dei. Somadas, as quatro operações representam um investimento de quase R$ 2 bilhões nos últimos seis meses.

Além da aquisição do Hospital Premium, a Mater Dei também adquiriu no período dos últimos seis meses os hospitais Porto Dias, em Belém, Santa Genoveva, em Uberlândia (MG), e uma empresa de tecnologia aplicada à saúde. Em suma, a companhia mantém uma tendência de consolidação no setor.

XP divulga prévia de resultados acima das expectativas

A XP Inc. (XP) apresentou sua prévia operacional do quarto trimestre de 2021, com números bons e um pouco acima das já elevadas expectativas. A companhia fechou o quarto trimestre de 2021, e o ano, com R$ 815 bilhões em ativos sob custódia, que representa um crescimento de 24% em comparação ao quarto trimestre de 2020.

Vemos o total de ativos sob custódia e seu ritmo de crescimento como os principais fatores de valor atual da companhia, visto que quase 75% das suas receitas são oriundas deste segmento, chamado de "varejo". Dessa forma, o crescimento do "bolo" depende da captação de recursos em determinado período (força comercial) e da variação dos preços dos ativos, que depende, principalmente, das condições de mercado.

Além disso, outra métrica da empresa que merece destaque é a captação líquida (diferença entre aplicações e resgates). No quarto trimestre de 2021, a XP apresentou uma captação líquida de R$ 48 bilhões, com uma média mensal de R$ 16 bilhões ou R$ 13,6 bilhões no ajustado, média a qual consideramos como positiva.

Em suma, esperamos impacto positivo no preço das ações XP/XPBR31 no curto prazo. Ao nosso ver, a queda no preço das ações e nos BDRs (certificados de compra emitidos no Brasil de ações negociadas no exterior) está associada a uma maior percepção de risco oferecida pelos ativos brasileiros.

Este material foi elaborado exclusivamente pela Levante Ideias e pelo analista Felipe Bevilacqua (sem qualquer participação do Grupo UOL) e tem como objetivo fornecer informações que possam auxiliar o investidor a tomar decisão de investimento, não constituindo qualquer tipo de oferta de valor mobiliário ou promessa de retorno financeiro e/ou isenção de risco . Os valores mobiliários discutidos neste material podem não ser adequados para todos os perfis de investidores que, antes de qualquer decisão, deverão realizar o processo de suitability para a identificação dos produtos adequados ao seu perfil de risco. Os investidores que desejem adquirir ou negociar os valores mobiliários cobertos por este material devem obter informações pertinentes para formar a sua própria decisão de investimento. A rentabilidade de produtos financeiros pode apresentar variações e seu preço pode aumentar ou diminuir, podendo resultar em significativas perdas patrimoniais. Os desempenhos anteriores não são indicativos de resultados futuros.

PUBLICIDADE