PUBLICIDADE
IPCA
1,06 Abr.2022
Topo

ANÁLISE

Texto baseado no relato de acontecimentos, mas contextualizado a partir do conhecimento do jornalista sobre o tema; pode incluir interpretações do jornalista sobre os fatos.

Semana começa com expectativa pela reunião que definirá juros nos EUA

Getty Images
Imagem: Getty Images

Rafael Bevilacqua

02/05/2022 09h23

Esta é a versão online da edição de hoje da newsletter Por Dentro da Bolsa. Para assinar este e outros boletins e recebê-los diretamente no seu email, cadastre-se aqui.

As principais Bolsas de Valores do planeta operam sem tendência única no primeiro pregão de maio, com investidores na expectativa pela próxima reunião sobre juros do Federal Reserve (Fed, o banco central dos Estados Unidos).

Após a reunião, que será encerrada na quarta-feira (4), será divulgada a taxa de juros nos Estados Unidos. O mercado espera alta de 0,5 ponto percentual, levando a taxa ao patamar entre 0,75% e 1% ao ano.

Nos EUA, os principais índices de ações operam em alta, após terem sofrido duras perdas na sexta-feira (29).

Companhias de tecnologia foram as mais penalizadas no último pregão, principalmente após os resultados decepcionantes da Amazon (NASDAQ: AMZN), gigante que atua nos segmentos de e-commerce e serviços web.

Na Europa, por outro lado, os mercados operam majoritariamente em queda, com investidores preocupados com a possibilidade de imposição de sanções ao petróleo russo pela União Europeia (UE). Sem perspectiva de retomada das negociações de paz entre Rússia e Ucrânia, as nações europeias, os Estados EUA e seus aliados devem endurecer cada vez mais as sanções ao país presidido por Vladimir Putin.

Por fim, os mercados asiáticos fecharam majoritariamente em queda nesta segunda-feira (2), repercutindo os dados de atividade industrial na China divulgados no final de semana. O PMI industrial chinês revelou que a atividade fabril no país caiu em abril, principalmente em decorrência do lockdown em diversas cidades.

As Bolsas de Valores da China e de Hong Kong não operaram devido ao feriado do Dia do Trabalho, reduzindo a liquidez dos mercados na Ásia.

Leia no 'Investigando o Mercado' (exclusivo para assinantes do UOL Investimentos): informações sobre os resultados decepcionantes da gigante norte-americana Amazon no primeiro trimestre de 2022.

Um abraço,

Rafael Bevilacqua
Estrategista-chefe e sócio-fundador da Levante

Queremos ouvir você

Tem alguma dúvida ou sugestão sobre investimentos? Mande sua pergunta para uoleconomiafinancas@uol.com.br.

Este material foi elaborado exclusivamente pela Levante Ideias e pelo estrategista-chefe e sócio-fundador Rafael Bevilacqua (sem qualquer participação do Grupo UOL) e tem como objetivo fornecer informações que possam auxiliar o investidor a tomar decisão de investimento, não constituindo qualquer tipo de oferta de valor mobiliário ou promessa de retorno financeiro e/ou isenção de risco . Os valores mobiliários discutidos neste material podem não ser adequados para todos os perfis de investidores que, antes de qualquer decisão, deverão realizar o processo de suitability para a identificação dos produtos adequados ao seu perfil de risco. Os investidores que desejem adquirir ou negociar os valores mobiliários cobertos por este material devem obter informações pertinentes para formar a sua própria decisão de investimento. A rentabilidade de produtos financeiros pode apresentar variações e seu preço pode aumentar ou diminuir, podendo resultar em significativas perdas patrimoniais. Os desempenhos anteriores não são indicativos de resultados futuros.