PUBLICIDADE
IPCA
1,06 Abr.2022
Topo

OPINIÃO

Texto em que o autor apresenta e defende suas ideias e opiniões, a partir da interpretação de fatos e dados.

Como você lida com o seu dinheiro?

Reflita sobre o modo como você lida com seu dinheiro: é algo instintivo? - Getty Images
Reflita sobre o modo como você lida com seu dinheiro: é algo instintivo? Imagem: Getty Images
Conteúdo exclusivo para assinantes

Letícia Braga de Andrade

16/03/2022 04h00

Nesse mês, quando se comemora o Dia Internacional da Mulher (8 de março), são muitas as publicações voltadas ao universo feminino. E não poderia ser diferente. Foram muitas as conquistas e tem outras tantas por vir. Graças a Deus, evoluímos! Mas tem certos pontos que não mudam, que são instintivos. E quando o instinto fala, acabamos nos comportando da mesma forma —até que tomemos consciência do nosso processo de escolha.

A história começa assim: na época das cavernas as mulheres tinham a função de cuidar e alimentar seus filhos e idosos, enquanto os homens saíam para caçar. Eles permaneciam dias fora. A elas cabia juntar frutos e raízes para sobreviverem até que os homens voltassem. Quando os homens chegavam com a caça, a comilança era grande e todos se esbaldavam com aquela fartura.

Todo esse contexto fez com que as mulheres desenvolvessem seus instintos de proteção e subsistência. O legado para hoje é uma mulher que, em geral, consegue ter uma visão melhor do todo, atua em múltiplas funções, é cautelosa, tem empatia e maior facilidade de identificar oportunidades.

Evidências? Mulheres representam atualmente quase metade dos empreendedores brasileiros: são mais de 30 milhões liderando negócios. E esse número cresceu 40% durante a pandemia (frutos e raízes para sobreviverem).

Na Bolsa de Valores, o público feminino soma mais de 1,18 milhão de investidoras, cerca de 24% do total (busca oportunidades). Mas o perfil da mulher investidora é mais conservador do que o dos homens. Isto porque o medo de errar (cautela), somado ao menor acesso à educação financeira (perfeccionismo) e salários menores em comparação aos homens, acaba interferindo nas suas decisões de investimento.

Como "gestoras do lar" no mundo moderno, tais instintos também interferem na nossa rotina. Mais do que isso: a cada escolha que fazemos esses instintos direcionam nossa decisão. É por isso que desenvolver o autoconhecimento é a melhor forma de seguirmos evoluindo.

Portanto, pense: a quais instintos você recorre quando precisa decidir uma compra? Seriam os mesmos instintos que você segue quando a questão é planejar o futuro? E no quesito dinheiro (quando a caça chega), como você lida com ele?

As opiniões emitidas neste texto são de responsabilidade exclusiva da equipe de Research do PagBank e elaboradas por analistas certificados. O PagBank PagSeguro e a Redação do UOL não têm nenhuma responsabilidade por tais opiniões. A única intenção é fornecer informações sobre o mercado e produtos financeiros, baseadas em dados de conhecimento público, conforme fontes devidamente indicadas, de modo que não representam nenhum compromisso e/ou recomendação de negócios por parte do UOL. As informações fornecidas por terceiros e/ou profissionais convidados não expressam a opinião do UOL, nem de quaisquer empresas de seu grupo, não se responsabilizando o UOL pela sua veracidade ou exatidão. Os produtos de investimentos mencionados neste material podem não ser adequados para todos os perfis de investidores que, antes de qualquer decisão, deverão preencher o questionário de suitability para a identificação do seu perfil de investidor e da compatibilidade do produto de investimento escolhido. As informações aqui veiculadas não devem ser consideradas como a única fonte para o processo decisório do investidor, sendo recomendável que este busque orientação independente e leia atentamente os materiais técnicos relativos a cada produto. As projeções e preços apresentados estão sujeitos a variações e podem impactar os portfolios de investimento, causando perdas aos investidores. A rentabilidade obtida no passado não representa garantia de resultados futuros. Este conteúdo não deve ser reproduzido no todo ou em parte, redistribuído ou transmitido para qualquer outra pessoa sem o consentimento prévio do UOL.

Especialistas em finanças ajudam você a poupar e a escapar de erros comuns para quem quer construir um patrimônio. Tenha informações que auxiliam você a tomar decisões sobre investimentos e aproveite melhor as oportunidades disponíveis no mercado