PUBLICIDADE
IPCA
-0,68 Jul.2022
Topo

ANÁLISE

Texto baseado no relato de acontecimentos, mas contextualizado a partir do conhecimento do jornalista sobre o tema; pode incluir interpretações do jornalista sobre os fatos.

Posso não pagar imposto de renda sobre investimento em ações? Como fazer?

Investe em ações e não quer pagar Imposto de Renda? Veja em quais situações isso é possível - Caio Borges
Investe em ações e não quer pagar Imposto de Renda? Veja em quais situações isso é possível Imagem: Caio Borges

Letícia Braga de Andrade

05/08/2022 04h00

Existe uma forma de não pagar imposto de renda nos investimentos de ações? Tem sim! Se você investe ou está pensando em investir em ações na Bolsa de Valores brasileira, precisa saber que é necessário pagar Imposto de Renda. Contudo, há formas de evitar esses pagamentos. Veja abaixo como fazer isso.

Saber os custos que incidem sobre seus investimentos é tão importante quanto saber a rentabilidade deles.

O primeiro ponto a destacar é que, por se tratar de um Imposto de Renda (IR), ele incidirá apenas sobre a rentabilidade, ou seja, o quanto você lucrou com a venda de suas ações, e não sobre o valor total aplicado.

Outro ponto importante a se considerar é que o IR sobre ações é pago mensalmente, e não anualmente, como estamos acostumados com o IR sobre a renda.

Estratégia muda a fatia do imposto a pagar

Dito isto, as regras do Imposto de Renda sobre investimentos em ações se diferenciam de acordo com a estratégia do investidor.

Se o investidor atua com a estratégia de "swing trade", ou seja, compra a ação em um dia e vende em outro dia, são cobrados 15% sobre os rendimentos somente quando as vendas ultrapassarem o valor de R$ 20 mil no mês.

Quando o investidor adota a estratégia "day trade", isto é, compra e vende as mesmas ações no mesmo dia, então há incidência de 20% de Imposto de Renda independentemente do valor do rendimento.

Então, aqui vai a primeira dica: Realize operações de compra e venda de ações em dias diferentes e em valores inferiores a R$ 20 mil no mês.

Ainda nessa linha de não pagar imposto, incluo que não há cobrança quando a pessoa não vende suas ações. Porque, se não teve lucro, não tem imposto. Também não há cobrança de imposto se o investidor tiver prejuízo (vendeu a ação por um valor menor do que pagou).

E como pago imposto?

Outros dois pontos merecem destaque:

  1. O IR é um imposto cobrado pelo governo, não pelo banco ou instituição financeira pelo qual você negocia suas ações.
  2. Cabe ao próprio investidor calcular e pagar o imposto todo mês.

Para pagar o Imposto de Renda sobre ações, você precisa entrar no site da Receita Federal e emitir o Documento de Arrecadação de Receitas Federais, chamado de Darf. O prazo para emissão e pagamento é o último dia útil do mês seguinte ao mês da venda. Então, se o investidor vendeu mais de R$ 20 mil em ações no mês de julho, sua Darf deve ser emitida e paga até o último dia útil de agosto.

A segunda dica é seguir acompanhando o desempenho do mercado. Os bancos e corretoras nas quais o investidor tem conta e realiza seus investimentos emitem relatórios de avaliação e atualizações diárias do mercado e de empresas.

Veja se a instituição que te atende disponibiliza esse material em um formato (texto, vídeo, podcast, etc.) adequado para você e gratuitamente.

O que você precisa é facilitar sua vida e ter o máximo de conhecimento possível para organizar e cuidar do seu futuro financeiro!

As opiniões emitidas neste texto são de responsabilidade exclusiva da equipe de Research do PagBank e elaboradas por analistas certificados. O PagBank PagSeguro e a Redação do UOL não têm nenhuma responsabilidade por tais opiniões. A única intenção é fornecer informações sobre o mercado e produtos financeiros, baseadas em dados de conhecimento público, conforme fontes devidamente indicadas, de modo que não representam nenhum compromisso e/ou recomendação de negócios por parte do UOL. As informações fornecidas por terceiros e/ou profissionais convidados não expressam a opinião do UOL, nem de quaisquer empresas de seu grupo, não se responsabilizando o UOL pela sua veracidade ou exatidão. Os produtos de investimentos mencionados neste material podem não ser adequados para todos os perfis de investidores que, antes de qualquer decisão, deverão preencher o questionário de suitability para a identificação do seu perfil de investidor e da compatibilidade do produto de investimento escolhido. As informações aqui veiculadas não devem ser consideradas como a única fonte para o processo decisório do investidor, sendo recomendável que este busque orientação independente e leia atentamente os materiais técnicos relativos a cada produto. As projeções e preços apresentados estão sujeitos a variações e podem impactar os portfolios de investimento, causando perdas aos investidores. A rentabilidade obtida no passado não representa garantia de resultados futuros. Este conteúdo não deve ser reproduzido no todo ou em parte, redistribuído ou transmitido para qualquer outra pessoa sem o consentimento prévio do UOL.

Especialistas em finanças ajudam você a poupar e a escapar de erros comuns para quem quer construir um patrimônio. Tenha informações que auxiliam você a tomar decisões sobre investimentos e aproveite melhor as oportunidades disponíveis no mercado