Só para assinantesAssine UOL

Banco 'aposta fichas' em ações da Taesa (TAEE11) e ações do Magazine Luiza (MGLU3) despencam no Ibovespa; Veja as mais lidas da semana

A notícia mais lida da semana no Suno Notícias foi sobre a Taesa (TAEE11), com um banco "apostando suas fichas" nas ações da companhia elétrica.

Além disso, se destacou a matéria sobre a Mega-Sena 2640, cujo sorteio de R$ 29 milhões aconteceu na última terça-feira (3).

No mercado financeiro, também repercutiu entre os investidores o desempenho das ações do Magazine Luiza (MGLU3), que despencaram na terça (3) e alcançaram o menor valor em 6 anos. Mas o que aconteceu?

O fundo imobiliário URPR11 aumentou seus dividendos novamente e o novo valor para o mês de outubro já foi divulgado.

Por fim, a nova carteira de dividendos da XP conta com recomendações de Banco do Brasil (BBAS3), Taesa (TAEE11), Klabin (KLBN11) e outras companhias.

Confira abaixo um resumo das principais notícias da semana. Para ter acesso às matérias completas, basta acessar os links. Bom final de semana!

1.   Taesa (TAEE11): banco 'aposta fichas' em ações da elétrica; entenda

Na carteira 5+ do Banco do Brasil, os analistas do BB incluíram entre as recomendações as ações da Taesa. Nesse portfólio, os papéis da elétrica passam a ter peso igual ao das outras 4 ações recomendadas, que são: BRF (BRFS3), Petrobras (PETR3), GOL (GOLL4) e CVC (CVCB3).

A expectativa dos analistas é de que o retorno com as ações da Taesa no curto prazo fique entre 4% e 8% no curto prazo considerando, dentre outras questões, o seu volume médio diário de R$ 74 milhões.

Continua após a publicidade

2.   Mega-Sena 2640: sorteio de R$ 29 milhões acontece nesta terça-feira (3); veja como apostar

O sorteio da Mega-Sena 2640 contou com um prêmio de R$ 29 milhões na última terça-feira (3), quantia que seria devida aos apostadores que acertassem 6 dezenas. No sorteio anterior a esse, o da Mega-Sena 2639, ninguém alcançou a premiação máxima.

Por outro lado, no concurso realizado no sábado (30), foram 86 apostas que tiveram 5 acertos, recebendo R$ 28.116,34 cada. Além disso, 6.619 apostas tiveram 4 acertos, com uma premiação individual de R$ 521,87.

3.   Magazine Luiza (MGLU3): ações despencam no Ibovespa e chegam ao menor valor em seis anos. O que houve?

As ações do Magazine Luiza apresentaram forte queda na última terça (3), sendo o principal destaque negativo do Ibovespa. Nesse dia, os papéis de varejo e consumo acabaram sendo "penalizados" na Bolsa, visto que são mais sensíveis às taxas de juros.

As ações ordinárias do Magazine Luiza tiveram queda de 8,4%, cotadas a R$ 1,84 no fechamento deste pregão, o menor preço desde dezembro de 2017, ou seja, considerando seis anos de sessões na Bolsa de Valores.

Continua após a publicidade

4.   URPR11 aumenta dividendos novamente; Veja o valor de outubro

Os novos rendimentos do fundo imobiliário URPR11 já foram divulgados, no valor de R$ 1,17 por cota. O valor será distribuído em 16 de outubro, aos investidores posicionados no FII ao final da sessão de 29 de setembro.

Os dividendos do URPR11 tiveram seu segundo aumento consecutivo. Em agosto de 2023, o fundo pagou um provento de R$ 1,13 por cota. Em setembro, o rendimento foi de R$ 1,16 por cota e, nesse momento, tem um novo aumento de R$ 0,01 por cota para outubro.

5.   Rendimento alto: carteira de dividendos da XP tem Banco do Brasil (BBAS3), Taesa (TAEE11), Klabin (KLBN11) e mais

A XP Investimentos divulgou sua nova carteira de Top Dividendos para outubro. Em relação ao portfólio anteriormente recomendado, com 10 ativos, não houve novas alterações para este mês. A alocação continuará focada em empresas elétricas, incluindo Engie Brasil (EGIE3) e Taesa (TAEE11).

Outra posição relevante da carteira de dividendos da XP são ações de empresas financeiras, como o Banco do Brasil (BBAS3). Também está incluída no portfólio fabricantes como a Klabin (KLBN11).

Continua após a publicidade

Assim, da Taesa até a carteira de dividendos da XP, essas foram as matérias mais lidas da semana no Suno Notícias.

Este material foi elaborado exclusivamente pelo Suno Notícias (sem nenhuma participação do Grupo UOL) e tem como objetivo fornecer informações que possam auxiliar o investidor a tomar decisão de investimento, não constituindo nenhum tipo de oferta de valor mobiliário ou promessa de retorno financeiro e/ou isenção de risco. Os valores mobiliários discutidos neste material podem não ser adequados para todos os perfis de investidores que, antes de qualquer decisão, deverão realizar o processo de suitability para a identificação dos produtos adequados ao seu perfil de risco. Os investidores que desejem adquirir ou negociar os valores mobiliários cobertos por este material devem obter informações pertinentes para formar a sua própria decisão de investimento. A rentabilidade de produtos financeiros pode apresentar variações e seu preço pode aumentar ou diminuir, podendo resultar em significativas perdas patrimoniais. Os desempenhos anteriores não são indicativos de resultados futuros.

Deixe seu comentário

Só para assinantes