PUBLICIDADE
IPCA
0,24 Ago.2020
Topo

Café com Mercado: de olho em declaração de Trump e veto de Bolsonaro

Exclusivo para assinantes UOL Economia+

Carol Paiffer

Colaboração para o UOL, em São Paulo

08/09/2020 08h00

Este é o Café com Mercado, do UOL Economia+, em vídeo e texto, com uma análise objetiva das notícias que vão impactar os investimentos. O mercado ficou fechado nesta segunda-feira (7) no Brasil e nos EUA.

Na sexta-feira (4), o Ibovespa fechou em alta de 0,52%, acompanhando as Bolsas dos EUA. O dólar também fechou em alta de 0,33%, cotado a R$ 5,308 na venda.

No cenário internacional, o presidente Donald Trump acendeu um alerta, neste fim de semana, ao afirmar que estuda a possibilidade de dissociar a economia americana e a economia chinesa. Segundo ele, isso não traria perdas para os EUA.

Além disso, Trump também afirmou que a oposição não está interessada em chegar a um acordo sobre novos estímulos à economia, pois, segundo o presidente, "para eles quanto pior, melhor", dando a entender que esta seria uma estratégia para colocar o país em dificuldades e beneficiar o candidato da oposição Joe Biden (vice presidente da gestão de Barack Obama).

Contudo, Trump também informou que espera que uma nova vacina contra a covid-19 esteja disponível ainda em outubro, o que pode trazer um alívio ao mercado.

Na Europa, os investidores se animaram com o ministro das finanças da Alemanha, Olaf Scholz, que afirmou que o país estaria disposto a se endividar um pouco mais para manter estímulos econômicos e sustentar o progresso obtido na recuperação pós-pandemia.

Derrubada do veto presidencial

No cenário interno, o foco deve ser a declaração do líder do governo no Congresso, o senador Eduardo Gomes (MDB-TO), de que a previsão para esta semana é a derrubada do veto presidencial feito em junho que acabou impedindo a prorrogação do prazo para a desoneração da folha de pagamento de empresas de 17 setores.

Com o veto, os tributos da folha de pagamento dessas empresas iriam subir no início de 2020. Contudo, alguns parlamentares alegam que esse aumento, nesta situação de pandemia, traria uma dificuldade a mais para a recuperação econômica.

Inflação oficial de agosto

Hoje, a agenda econômica de indicadores está vazia. Contudo, espera-se para a semana divulgações de grande importância, como a inflação oficial de agosto (IPCA) no Brasil e dados de empregos nos EUA, na quarta-feira (9), e também a decisão da taxa de juros pelo banco central europeu, na quinta-feira (10).

O programa Café com Mercado é apresentado pela fundadora e presidente da Atom S.A., Carol Paiffer.

Conheça os recursos do serviço de orientação financeira UOL Economia+, para quem quer investir melhor.

Entre no grupo UOL Economia+ e receba notícias de investimento no WhatsApp.

Tem alguma dúvida ou sugestão? Fale com a gente: uoleconomiafinancas@uol.com.br

Este material é exclusivo para assinantes, mas está aberto por tempo limitado

Para receber mais informações sobre investimentos do UOL Economia+ deixe seu email. Ao clicar em enviar, você concorda com nossa Política de Privacidade

Este material é exclusivamente informativo, e não recomendação de investimento. Aplicações de risco estão sujeitas a perdas. Rentabilidade do passado não garante rentabilidade futura.