PUBLICIDADE
IPCA
+0,53 Jun.2021
Topo

Nova vacina, acordo comercial na Ásia: 6 temas que podem impactar a Bolsa

Conteúdo exclusivo para assinantes

Carol Paiffer

Colaboração para o UOL, em São Paulo

17/11/2020 08h00

Veja no Café com Mercado desta terça-feira (17) 6 assuntos que devem movimentar a Bolsa hoje.

1) Otimismo nas Bolsas pela vacina da Moderna

A farmacêutica Moderna anunciou na segunda-feira (16) que sua vacina contra covid-19 é 94,5% eficaz, de acordo com os testes clínicos iniciais. O resultado está acima dos 90% da vacina produzida pela Pfizer e BioNTech, o que colaborou para um dia de euforia nas Bolsas pelo mundo.

Uma vacina adicional contra covid-19 aumenta a esperança numa recuperação rápida da economia com a imunização da população, causando perspectiva otimista pelos investidores no médio prazo.

Com os resultados divulgados pela Moderna, as empresas aéreas apresentaram avanço significativo nos preços de suas ações com a expectativa da retomada dos voos comerciais.

A empresa Azul (AZUL4) divulgou que até o fim do primeiro semestre de 2021 espera que 80% dos voos sejam retomados em relação ao nível pré-pandemia. Com as notícias, suas ações saltaram 10,86%.

Embraer (EMBR3) também teve um dia de alta, fechando em 8,05% na segunda (16).

A esperança por um aumento da atividade econômica com esse acordo juntamente com as boas perspectivas de uma nova vacina pode movimentar os investidores ao longo destas próximas semanas.

2) Acordo Ásia-Pacífico

Além da vacina, o mercado também se animou com o maior acordo comercial do mundo realizado neste domingo (15) envolvendo 15 economias da Ásia e do Pacífico, como Japão, Coreia do Sul, China e Austrália.

A Parceria Econômica Regional (RCEP, na sigla em Inglês) pode acrescentar mais de R$ 1 trilhão para as economias globais até o ano de 2030, beneficiando não só os países envolvidos, mas também países da Europa e os EUA com o barateamento de produtos.

O Nikkei 225, negociado em Tokyo, subiu 2,22%, e o Shanghai Composite fechou com alta de 1,11%.

3) Vendas no varejo nos EUA

Nos EUA, às 10h30, será divulgado o relatório mensal das vendas no varejo referente a outubro. Os resultados permitem avaliar o nível da demanda do consumidor em meio à pandemia e ajudam a traçar expectativas para as próximas semanas.

4) Produção industrial nos EUA

Às 11h45, serão divulgados também os dados de produção industrial americana. Este é o principal indicador utilizado para medir o número de empregos do setor, bem como o aquecimento da indústria no país.

5) Discurso da presidente do Banco Central Europeu

Às 13h, a presidente do BCE, Christine Lagarde, irá discursar. Como o órgão é o responsável pela decisão de taxa de juros na Europa, suas palavras podem dar indicações sobre a política monetária no bloco.

6) Bolsa ainda tem espaço para subir?

Para Jerson Zanlorenzi, responsável pela mesa de ações do BTG Pactual Digital, as empresas aéreas ainda possuem espaço para retomada da atividade com a volta da demanda.

Ele acredita que a tendência de dólar mais fraco pelo mundo com a eleição de Joe Biden, nos EUA, também pode favorecer o setor.

A pandemia ainda preocupa, e movimentos mais longos de alta devem ser observados apenas com a vacinação em massa da população. Contudo, o analista acredita que ainda haja espaço para o Ibovespa avançar até 110 ou 112 mil pontos.

Já para Flávio Conde, head de análise da Inversa, a vacina causou uma euforia passageira, e agora o mundo deve voltar a se preocupar com um novo pacote de estímulos econômicos que já demora para ser anunciado nos EUA, bem como o avanço de covid-19 na Europa e a resolução dos problemas fiscais no Brasil.

Fique de olho

Segundo a casa de análise Recomenda Ações, o investidor deve ficar de olho na companhia Le Lis Blanc (LLIS3), do grupo Restoque, que reportou seus resultados do terceiro trimestre 11,4% acima das projeções divulgadas. Isso pode gerar uma boa oportunidade com visão de longo prazo.

O programa Café com Mercado é apresentado pela fundadora e presidente da Atom S.A., Carol Paiffer.

Conheça os recursos do serviço de orientação financeira UOL Economia+, para quem quer investir melhor.

Entre no grupo UOL Economia+ e receba notícias de investimento no WhatsApp.

Tem alguma dúvida ou sugestão? Fale com a gente: uoleconomiafinancas@uol.com.br

Este material é exclusivamente informativo, e não recomendação de investimento. Aplicações de risco estão sujeitas a perdas. Rentabilidade do passado não garante rentabilidade futura.