PUBLICIDADE
IPCA
+0,53 Jun.2021
Topo

PIB brasileiro, estoque de petróleo: 5 assuntos que podem impactar a Bolsa

Exclusivo para assinantes UOL

Carol Paiffer

Colaboração para o UOL, em São Paulo

03/12/2020 08h00

Veja no Café com Mercado de hoje (3) os 5 principais assuntos a que os investidores da Bolsa devem ficar atentos nesta quinta-feira.

1) Crescimento anual do PIB brasileiro

Os dados do PIB (Produto Interno Bruto) brasileiro serão divulgados hoje, às 9h. O indicador é de extrema importância para medir a saúde da economia no país

2) Estoques de petróleo e reunião da Opep

A Opep (Organização dos Países Exportadores de Petróleo) adiou para hoje a decisão do corte ou não na produção de petróleo para manter atrativo o preço do combustível.

Essa decisão irá afetar diretamente as ações do setor petroleiro no curto prazo, como Petrobras (PETR4) e PetroRio (PRIO3).

Ontem os EUA apresentaram queda de 679 mil barris de petróleo em seu estoque, em comparação com a semana passada.

3) Pedidos de seguro-desemprego nos EUA

Os dados de emprego nos EUA continuam em foco na semana de divulgação do relatório de empregos (Payroll), que acontecerá amanhã.

Hoje, às 9h, será divulgado o número de novos pedidos de seguro-desemprego da semana passada, e os dados são entendidos como prévia para o relatório do Payroll.

Isso pode gerar grande volatilidade no mercado no horário da notícia, em especial para os contratos futuros do dólar.

4) Índice de atividade econômica no Brasil e nos EUA

O PMI (Índice de atividade econômica) é utilizado para medir o aquecimento dos setores e da economia de um país.

No Brasil, haverá a divulgação do índice de atividade do setor de não-manufatura hoje, às 10h. Nos EUA, serão divulgados os dados de PMI do setor de serviços, às 12h.

5) Expectativa de novos incentivos nos EUA

O investidor continua com atenção especial para a expectativa de novos incentivos na economia norte-americana.

O secretário do Tesouro, Steven Mnuchin, e o presidente do Fed (Banco Central americano), Jerome Powell, reforçaram ontem a necessidade de novos incentivos para ajudar governos estaduais, municipais e pequenas empresas a sobreviver à pandemia.

A expectativa é de que um acordo acerca do valor do estímulo seja feito o mais breve possível para que o projeto seja aprovado antes do Natal.

Fique de olho

As atenções hoje devem se voltar para a companhia Petrobras (PETR4), de acordo com a casa de análise Recomenda Ações. A possibilidade de pagamentos de dividendos altos nos próximos anos e o preço justo da empresa sendo avaliado em algo perto dos R$ 30 fazem desta uma boa empresa para ficar de olho.

O programa Café com Mercado é apresentado pela fundadora e presidente da Atom S.A., Carol Paiffer.

Conheça os recursos do serviço de orientação financeira UOL Economia+, para quem quer investir melhor.

Entre no grupo UOL Economia+ e receba notícias de investimento no WhatsApp.

Tem alguma dúvida ou sugestão? Fale com a gente: uoleconomiafinancas@uol.com.br

Este material é exclusivamente informativo, e não recomendação de investimento. Aplicações de risco estão sujeitas a perdas. Rentabilidade do passado não garante rentabilidade futura.