PUBLICIDADE
IPCA
+0,83 Mai.2021
Topo

7 assuntos que podem afetar a Bolsa hoje e uma ação para colocar no radar

Exclusivo para assinantes UOL

Carol Paiffer

Colaboração para o UOL, em São Paulo

11/05/2021 04h00

Veja no Café com Mercado, do UOL Economia+, sete notícias que podem mexer com a Bolsa nesta terça-feira (11) e uma empresa para colocar em seu radar.

1) Inflação no Brasil - O IBGE divulga nesta terça (11), a inflação de abril.

O dado é um termômetro do consumo do país e influencia indicadores importantes da economia, como a taxa básica de juros, a Selic.

2) Reforma administrativa - O ministro da Economia, Paulo Guedes, estará na Comissão de Constituição e Justiça da Câmara dos Deputados nesta manhã para falar sobre a reforma administrativa.

Confira abaixo os outros itens que devem afetar o mercado nesta terça (11):

3) Ata do Copom - O Banco Central divulga agora, às 8h, a ata do Copom (Comitê de Política Monetária).

O documento explica a decisão sobre a taxa de juros, que subiu mais uma vez, para 3,5% ao ano, na última semana. Além disso, o documento traz perspectivas sobre o futuro da política monetária do país.

Essas perspectivas são essenciais para a tomada de decisão de grandes investidores, e por isso o mercado pode responder à divulgação.

4) Resultados - A divulgação dos balanços trimestrais continuam a todo vapor hoje. Antes da abertura da Bolsa, Klabin (KLBN11) e Banco BTG Pactual (BPAC11) devem divulgar seus resultados.

Após o fechamento, será a vez de Banco Inter (BIDI11), Raia Drogasil (RADL3), Santos Brasil (STBP3), BR Distribuidora (BRDT3), Notre Dame Intermédica (GNDI3), Vulcabras (VULC3), Marfrig (MRFG3) e SulAmérica (SULA11).

5) Vale - Na semana passada, Pequim rompeu comercialmente com a Austrália e isso assustou o mercado.

A maior preocupação é com o minério de ferro, uma vez que a China é a maior produtora de aço do mundo, enquanto a Austrália é a maior produtora de minério de ferro.

Isso fez com os contratos de minério de ferro na China disparassem mais de 12% na última semana e na segunda (10) apresentaram nova alta, de mais 2,5%.

O rali se refletiu nas ações de Vale (VALE3), que na segunda chegaram a bater R$ 120,45, mas recuaram e fecharam a R$ 114,69.

6) CPI da Covid - A CPI da Covid deve continuar nesta terça (11), com o depoimento de Antônio Barra Torres, diretor-presidente da Anvisa.

As declarações feitas durante CPI podem movimentar o cenário político brasileiro, refletindo na Bolsa hoje.

7) Relatório de combustíveis - A Administração de Informações Energéticas (EIA) dos EUA publica hoje o relatório mensal com previsões de consumo e oferta dos principais combustíveis para o curto prazo.

Como o relatório pode afetar o preço do petróleo, as ações da Petrobras (PETR4) podem responder à divulgação, pois a companhia segue a cotação de petróleo nos EUA.

Fique de Olho

A casa de análises Recomenda Ações traz o Grupo Restoque (LLIS3). A companhia detém marcas como Le Lis Blanc, Dudalina, Rosa Chá, Bo.bô, Individual e John John.

Segundo analistas, a empresa conseguiu organizar o fluxo de caixa, com a emissão de debêntures no valor de R$ 1,6 bilhão. Com mais "fôlego", a empresa conseguiu investir mais na área digital e em novos lançamentos via canais digitais e parceiros.

Na última semana, as ações da companhia registraram forte queda, de 26%, ficando abaixo de seu preço de cotação justo —aquele preço que os analistas consideram certo para o valor dos papéis.

O programa Café com Mercado é apresentado pela fundadora e presidente da Atom S.A., Carol Paiffer.

Conheça os recursos do serviço de orientação financeira UOL Economia+, para quem quer investir melhor.

Entre no grupo UOL Economia+ e receba notícias de investimento no WhatsApp.

Tem alguma dúvida ou sugestão? Fale com a gente: uoleconomiafinancas@uol.com.br

Este material é exclusivamente informativo, e não recomendação de investimento. Aplicações de risco estão sujeitas a perdas. Rentabilidade do passado não garante rentabilidade futura.