PUBLICIDADE
IPCA
+0,83 Mai.2021
Topo

Ação da BR Distribuidora é destaque entre analistas na semana; veja por quê

Exclusivo para assinantes UOL

Márcio Anaya

Colaboração para o UOL, em São Paulo

13/05/2021 04h00

As ações da BR Distribuidora estrearam em dois portfólios recomendados nesta semana e integram a lista de destaques do período, conforme acompanhamento feito pelo UOL Economia+.

Ao todo, foram analisadas sete carteiras divulgadas por corretoras.

  • Conheça o UOL Economia+, serviço completo de orientação financeira do UOL para assinantes.

A companhia, que atua na distribuição e comércio de produtos de petróleo e derivados, passou a fazer parte das indicações feitas pela Ativa Investimentos e pela Guide. Entenda abaixo por que a BR Distribuidora é destaque e confira outras recomendações da semana.

Empresa apresentou aumento nos lucros

Em relatório, a Guide afirma que a escolha da empresa está fundamentada no forte crescimento dos lucros nos últimos anos, após melhorias operacionais feitas pela administração, e na "estrutura de capital balanceada (com baixa alavancagem financeira)".

A corretora citou ainda o direcionamento estratégico, com foco na melhora de rentabilidade, e a venda de ativos não estratégicos como fatores que podem impulsionar as ações.

Na última terça (11), a BR Distribuidora divulgou aumento de 110% no lucro líquido do primeiro trimestre, frente ao mesmo intervalo do ano passado, totalizando R$ 492 milhões. A margem bruta (percentual do lucro bruto em relação à receita líquida) avançou de 4,5% para 7,2% no mesmo intervalo comparativo.

O grupo comunicou, ainda, um acordo de renegociação de dívida com a Companhia de Eletricidade do Amapá (CEA), com efeito positivo de aproximadamente R$ 353 milhões no resultado, uma vez que os débitos estavam completamente provisionados no balanço.

"Por fim, ressaltamos que os dividendos devem continuar a ser um destaque para a empresa, como consequência da sólida posição financeira e forte geração de caixa", diz a análise da Guide.

No dia 30 de abril, a companhia realizou o pagamento aos acionistas da primeira parcela de dividendos correspondentes ao resultado de 2020. O montante alcançou R$ 1,1 bilhão. Segundo comunicado da empresa, outros R$ 707 milhões serão distribuídos até 31 de dezembro deste ano.

Bancos lideram trocas na semana

Com duas estreias e três exclusões nesta semana, o setor de bancos mantém o histórico de alta rotatividade nas carteiras de ações recomendadas.

As novidades do período são os papéis preferenciais (PN) do Itaú —escolhidos pela Daycoval Investimentos no lugar de Bradesco PN—, e as units (cesta de ações) do BTG Pactual, que passaram a fazer parte das indicações feitas pela Guide.

No caso de Itaú PN, houve ainda uma exclusão na semana, do portfólio elaborado pela Mirae Asset Corretora.

Outro papel do segmento substituído nesta última revisão é Banco Pan PN, que deixou a seleção feita pela Ativa Investimentos.

Com as mudanças, a lista geral de recomendações da semana ficou com quatro representantes do setor: Itaú PN, BTG Pactual Unit, Banco Inter Unit (Mirae) e Bradesco PN (MyCap).

Confira outros destaques e as carteiras completas de ações recomendadas nesta semana. Os códigos e preços dos papéis podem ser conferidos na página de cotações do UOL Economia.

Este material é exclusivamente informativo, e não recomendação de investimento. Aplicações de risco estão sujeitas a perdas. Rentabilidade do passado não garante rentabilidade futura.