PUBLICIDADE
IPCA
+0,53 Jun.2021
Topo

Comércio e indústria nos EUA e outros 3 temas que podem afetar a Bolsa hoje

Exclusivo para assinantes UOL

Carol Paiffer

Colaboração para o UOL, em São Paulo

15/06/2021 04h00

Veja no Café com Mercado, do UOL Economia+, cinco notícias que podem agitar a Bolsa nesta terça-feira (15) e uma ação para ficar de olho.

1) Comércio nos EUA - Os EUA divulgam nesta terça (15) o relatório mensal das vendas do comércio do país referentes a maio. Os resultados permitem avaliar o nível da demanda do consumidor e, por isso, ajudam a traçar expectativas da economia para as próximas semanas.

2) Indústria nos EUA - Outro indicador que pode movimentar o mercado hoje é o índice de produção industrial norte-americano, que será divulgado pelo Fed, o Banco Central dos EUA.

O indicador mostra o nível de produção do setor, que é um dos principais no país, no mês de maio e pode afetar a tomada de decisão dos investidores.

3) Inflação nos EUA - Os EUA divulgam ainda nesta terça-feira (15) a inflação ao produtor.

Como os produtores tendem a repassar essa variação de preços para o consumidor, esse indicador permite traçar perspectivas para a inflação no país. Por isso, o indicador pode movimentar a Bolsa hoje.

4) CPI da Covid - Na sessão de hoje da CPI da Covid, os senadores convocaram o ex-secretário da saúde do Amazonas Marcellus Campelo.

No início deste ano, a saúde no estado entrou em colapso com falta de leitos e de oxigênio nos hospitais que recebiam pacientes com covid-19.

Na semana passada, o governador do estado, Wilson Miranda Lima (PSC-AM), conseguiu um habeas corpus do STF (Supremo Tribunal Federal) para não comparecer à comissão.

O depoimento de hoje pode gerar instabilidade política, e isso pode agitar os investidores e movimentar o mercado nesta terça-feira (15).

5) Comércio exterior - A FGV divulga hoje o Icomex (Indicador de Comércio Exterior), que permite medir o desempenho da balança comercial brasileira.

O dado também mede a competitividade dos produtos brasileiros no cenário internacional, sendo um importante termômetro para a tomada de decisão dos investidores.

Fique de Olho

A casa de análises Recomenda Ações traz para o Fique de Olho de hoje uma BDR, ou seja, ação de uma empresa norte-americana que pode ser negociada na Bolsa brasileira.

No cenário de alta da taxa básica de juros de um país, um dos setores que costuma se beneficiar é o bancário.

Como há uma expectativa de que o Fed, o Banco Central norte-americano, possa aumentar os juros por lá nesta quarta (15), os analistas da casa colocam no radar dos investidores o Bank of America (BOAC34).

A companhia possui bons fundamentos, com expectativa de ganhos acima da média neste segundo trimestre de 2021. Ou seja: as ações podem se valorizar mesmo que a taxa de juros permaneça inalterada.

Além disso, empresas norte-americanas ajudam a diversificar os investimentos e esta é uma boa oportunidade para isso.

O programa Café com Mercado é apresentado pela fundadora e presidente da Atom S.A., Carol Paiffer.

Conheça os recursos do serviço de orientação financeira UOL Economia+, para quem quer investir melhor.

Entre no grupo UOL Economia+ e receba notícias de investimento no WhatsApp.

Tem alguma dúvida ou sugestão? Fale com a gente: uoleconomiafinancas@uol.com.br

Este material é exclusivamente informativo, e não recomendação de investimento. Aplicações de risco estão sujeitas a perdas. Rentabilidade do passado não garante rentabilidade futura.