PUBLICIDADE
IPCA
+0,53 Jun.2021
Topo

McDonald's x Burger King: em qual rede vale mais a pena investir?

Exclusivo para assinantes UOL

Mitchel Diniz

Colaboração para o UOL, em São Paulo

15/07/2021 04h00

A BK Brasil, dona das marcas Burger King e Popeyes no Brasil, anunciou nesta semana que vai operar no país a rede de pizzaria Domino's. Quando a operação for concluída, a competição com seu principal concorrente, o McDonald's, vai ficar ainda mais acirrada —não apenas no mercado, mas também na Bolsa. Como saber em qual delas investir?

A BK Brasil (BKBR3) tem ações negociadas na Bolsa brasileira desde 2017. Para investir em McDonald's (MCDC34), o investidor pode comprar BDRs, recibos de ações emitidos por bancos ou corretoras brasileiras, ou aplicar diretamente na ação por meio de uma corretora no exterior. Na América Latina e no Caribe, a dona da marca McDonald's é a Arcos Dorados (ARCO), que tem ações negociadas apenas nos Estados Unidos. Analistas ouvidos pelo UOL Economia+ revelam de que lado estão nessa briga. Veja abaixo.

Operação com Domino's adiciona valor ao investidor

O McDonald's tem mais tempo no mercado brasileiro e uma marca que os analistas consideram imbatível. Por outro lado, a fusão com a Domino's coloca a BK Brasil em um nicho não explorado pela concorrente e com forte potencial de crescimento.

Desde 2017, a BK é dona da rede de frango frito Popeyes. Assumindo as operações da Domino's, a empresa entra em mais uma frente de fast-food, estratégia semelhante à adotada pela Alsea, detentora das duas marcas no México.

Luis Sales, estrategista-chefe da Guide Investimentos, explica que a operação traz ganhos de sinergia para a BK e redução de despesas, como a compra de matéria-prima.

A gente gosta da ação da BK, mesmo a empresa tendo sofrido muito nos últimos meses por causa da pandemia. No curto prazo, o preço do papel pode não subir tanto, mas no médio prazo a gente aposta em uma recuperação.
Luis Sales

Para Sérgio Oba, analista da Empiricus, o segmento de pizzarias no Brasil é muito pulverizado e há espaço para consolidação.

A Domino's é um 'player' [negócio] gigante e tem poucas lojas perante o tamanho do mercado. É uma avenida de crescimento importante para o BK.
Sérgio Oba

McDonald's ainda tem mais apelo

Atualmente, a Domino's possui 308 unidades no Brasil e um potencial de expansão de outras mil lojas nos próximos anos. "Eu não tenho recomendação de compra para BK agora. É uma ação para quem tem um horizonte maior, de 12 a 18 meses", diz o analista da Empiricus.

Sérgio Oba prefere McDonald's, pelo menos na hora de investir. Para ele, a performance da concorrente da BK é melhor e a marca tem muito mais apelo.

"Apesar de o BK estar melhorando nesse quesito, o poder da marca McDonald's é maior, a experiência de compra também é superior e os preços são menores", afirma Oba.

BK pode ter mais potencial de ganho no Brasil

Gabriel Trebilcock, gestor de renda variável da Ace Capital, pensa o contrário. Ele tem ações da BK Brasil na carteira e vê mais potencial de ganho na empresa do que em McDonald 's.

O BK é um operador de franquias 'premium' e a rentabilidade que eles têm no Brasil está entre as melhores do mundo.
Gabriel Trebilcock

Para ele, a Arcos Dorados, por exemplo, corre o risco da exposição geográfica, pois a empresa tem lanchonetes do McDonald's em outros países da América Latina e no Caribe.

"São mercados com escala bem mais reduzida e que não conseguem ter o mesmo faturamento por loja que a gente tem aqui no Brasil", afirma Paola Mello, sócia e analista da GTI.

Ela também acredita que a ação da BK tem mais potencial de ganhos do que o BDR do McDonald's.

O preço de McDonald's em Bolsa está numa máxima histórica, porque a economia dos Estados Unidos está a pleno vapor. Aqui no Brasil, a gente está em um estágio atrás, o que traz mais oportunidade para BK.
Paola Mello

BK mais parecida com McDonald's

Paola ressalta que a quantidade de lojas da BK no Brasil praticamente dobrou em um intervalo de cinco anos. Atualmente são 918 unidades, número similar ao do McDonald's, que possui 1.030 lojas em território nacional. No entanto, se a fusão com a Domino's for aprovada, a presença da BK no Brasil será maior que a da concorrente, com 1,2 mil restaurantes.

Com a operação, a BK também deve se beneficiar com a estrutura digital da Domino's. Quase dois terços das vendas da rede da pizzaria são feitos por meio do aplicativo da empresa.

Fusão com Domino's traz delivery e digital

Os analistas explicam que a BK engatinhava em vendas por delivery e drive-thru antes da pandemia, porque a maioria das lojas estava em shopping centers. Agora, essa tendência muda com um crescimento no número de lojas de rua, onde os consumidores passam mais tempo e também consomem mais.

Dessa forma, a empresa se aproxima mais de um modelo que o McDonald's já adotava.

Acreditamos que a negociação beneficia as ações da BK porque o delivery da Domino's é maduro e pode ajudar as marcas da BK, em um momento em que os restaurantes foram desafiados a executar suas vendas de forma online.
Régis Chinchila, analista da Terra Investimentos

Este material é exclusivamente informativo, e não recomendação de investimento. Aplicações de risco estão sujeitas a perdas. Rentabilidade do passado não garante rentabilidade futura.