PUBLICIDADE
IPCA
+0,53 Jun.2021
Topo

Por que seu dinheiro ainda está parado na poupança? Veja como ganhar mais

Exclusivo para assinantes UOL

Colaboração para o UOL, em São Paulo

22/07/2021 04h00

Deixar dinheiro na poupança pode até ser seguro, mas você deixa de ganhar, uma vez que a caderneta rende menos que a Selic e nem cobre a inflação. Por que, mesmo assim, tanta gente ainda insiste nela?

"Existe um aspecto cultural que faz com as pessoas não vejam a poupança como um investimento, mas somente para poupar", afirmou Ilana Bobrow, sócia-fundadora da casa de investimentos Vitreo, durante o encontro Guia do Investidor UOL, série de eventos gratuitos e quinzenais do UOL, para quem quer investir.

Ilana explica que o brasileiro ainda confunde a rentabilidade da "velha poupança" com a da poupança nova. Você sabe a diferença entre elas? Veja a explicação abaixo e saiba como administrar melhor o dinheiro que está parado na caderneta.

Rendimentos da poupança já foram melhores

Até 2012, a poupança rendia em torno de 6% ao ano sobre o valor aplicado, livre de Imposto de Renda. O dinheiro que já estava na caderneta antes da regra mudar tem esse rendimento até hoje. "É uma rentabilidade bacana, mas desde que a regra mudou, o retorno depende do quanto está a taxa Selic", disse Ilana.

Hoje, a poupança rende 70% do CDI, que é uma taxa que acompanha os juros da economia. Logo, o retorno da poupança é inferior a 3% ao ano e os ganhos são apagados pela inflação que está na casa dos 8,9%, nos últimos 12 meses.

Nem adianta se animar com a ideia da velha poupança. Essa ficou de vez no passado.

"Todo o dinheiro que você aplicou na poupança desde 2012 está sendo mal aplicado. Você sempre vai pagar um pedágio de 30% que você poderia na verdade estar ganhando em outro investimento, com o mesmo nível de risco e liquidez", disse Ilana.

Opções mais seguras e mais rentáveis

A jornalista e orientadora financeira Amanda Dias acredita que a poupança nem pode ser mais chamada de investimento. "Ela não faz o seu dinheiro crescer", afirmou Amanda, durante o evento. Ela é a idealizadora do canal Grana Preta, voltado a profissionais autônomos e de baixa renda.

Para os bancos, o dinheiro aplicado na poupança é bom porque os recursos são destinados ao financiamento de imóveis. Para o poupador, a caderneta tem a cobertura do Fundo Garantidor de Créditos (FGC), que devolve o dinheiro caso a instituição financeira entre em falência ou tenha algum outro tipo de problema.

O cliente ainda consegue fazer retiradas e aplicações, sempre que quiser e sem custos. Com todas essas "vantagens", você deve estar se perguntando: por que tirar o dinheiro da poupança então?

"Alguém que investe R$ 250 mil na poupança de um banco, se colocar esse mesmo valor em um CDB, uma LCI (Letra de Crédito Imobiliário), ou uma LCA (Letra de Crédito do Agronegócio), que são produtos de renda fixa, ela tem a mesma proteção e vai conseguir uma rentabilidade melhor", disse Ilana Bobrow.

"É muito mais interessante você pegar 100% da Selic do que só 70%. Se você tirar o dinheiro da poupança e colocar no Tesouro Selic, que é seguro, você pode sacar a qualquer momento e seu dinheiro estará rendendo", afirmou Amanda Dias.

Este material é exclusivamente informativo, e não recomendação de investimento. Aplicações de risco estão sujeitas a perdas. Rentabilidade do passado não garante rentabilidade futura.