PUBLICIDADE
IPCA
0,87 Ago.2021
Topo

Magalu cai 2,5%; veja desempenho das ações mais indicadas em julho

Conteúdo exclusivo para assinantes

Márcio Anaya

Colaboração para o UOL, em São Paulo

04/08/2021 04h00

Em julho, o ambiente de incertezas no Brasil e exterior trouxe forte aversão a risco por parte dos investidores em Bolsa, o que fez o principal índice da B3 (Ibovespa) acumular queda de 3,94%, para 121.800 pontos. Nesse ambiente, as principais ações recomendadas por analistas, segundo monitoramento feito pelo UOL, também fecharam no vermelho.

Os papéis do Magazine Luiza, que figuraram em quatro portfólios selecionados no mês passado, encerraram o período com desvalorização de 2,5% —a menor baixa entre os destaques. Veja a seguir as variações acumuladas em julho das três ações mais indicadas para o período*, calculadas pela plataforma de informações financeiras Economatica:

  1. Magazine Luiza (-2,5%): varejista faz novas aquisições e divulga balanço do segundo trimestre no dia 12 de agosto.
  2. Vale (-4,0%): mineradora lucra US$ 7,5 bilhões no segundo trimestre, com alta de 662% em base anual.
  3. Petrobras PN (-8,6%): petrolífera apresenta hoje (4), após o fechamento do mercado, seu balanço do segundo trimestre.

*Levantamento feito com base nas carteiras recomendadas pelas seguintes instituições: Ágora Investimentos, BB Investimentos, BTG Pactual, Guide Investimentos, Mirae Asset Corretora, MyCap Investimentos, Terra Investimentos e XP Investimentos.

Após aquisições, foco é no balanço do Magazine Luiza

As ações do Magazine Luiza tiveram forte impulso em meados de julho, com a notícia de compra da plataforma de e-commerce de tecnologia e games KaBuM!, mas o otimismo dos investidores não impediu a perda acumulada no mês.

Segundo comunicado da empresa, o negócio alcança R$ 1 bilhão e prevê a incorporação da KaBuM!, que se tornará subsidiária integral da varejista.

Outra notícia relevante sobre a companhia foi uma oferta restrita de ações que pode alcançar R$ 4,6 bilhões.

No fim de julho, o Magazine Luiza anunciou ter concluído a aquisição da Sode Intermediação de Negócios, uma plataforma especializada na gestão e rastreamento de entregas rápidas.

O foco dos investidores agora é quanto aos números do segundo trimestre. A companhia agendou para o dia 12 de agosto, após o fechamento do mercado, a divulgação dos resultados.

Vale cai 4% em julho, mas mantém atratividade

As ações da Vale, que já haviam perdido fôlego em junho (com leve alta de 0,6%), terminaram o mês passado com perda de 4%. O desempenho acumulado no ano, no entanto, ainda é expressivo, com ganho de 32,5% até o último dia 30.

Líder de recomendações desde janeiro, os papéis da Vale foram escolhidos por sete das oito corretoras analisadas em julho --e se mantêm entre as preferidas para este mês.

Recentemente, a empresa anunciou um lucro líquido de US$ 7,586 bilhões relativo ao segundo trimestre deste ano, resultado que superou em 662% o número obtido em igual período de 2020.

Petrobras lidera perdas entre os destaques de julho

Após uma alta de quase 10% em junho, as ações preferenciais (PNs) da Petrobras recuaram 8,6% no mês passado —o pior desempenho entre as mais recomendadas no intervalo pelo acompanhamento do UOL.

Os papéis ocuparam a vice-liderança na preferência dos analistas em julho, com cinco indicações de investimento.

Na semana passada, a petrolífera fez anúncios importantes ligados a desinvestimentos. Um deles foi a venda da participação de 51% na Gaspetro para a Compass, companhia de gás e energia do grupo Cosan, negócio que alcança R$ 2 bilhões.

A Petrobras informou também a alienação das fatias detidas na Termelétrica Potiguar (TEP) e na Companhia Energética Manauara (CEM), de 20% e 40%, respectivamente, para a Global Participações Energia (GPE). O valor total das transações é de R$ 160,3 milhões.

Outra divulgação, feita na última terça-feira (3), foi o início da fase vinculante para a venda da totalidade da participação da empresa em três concessões localizadas em terra na Bacia do Paraná.

A estatal apresenta nesta quarta-feira (4), após o fechamento do mercado, seu balanço completo do segundo trimestre de 2021.

Os códigos e preços das ações citadas nesta reportagem podem ser conferidos na página de cotações do UOL Economia.

Este material é exclusivamente informativo, e não recomendação de investimento. Aplicações de risco estão sujeitas a perdas. Rentabilidade do passado não garante rentabilidade futura.

PUBLICIDADE