PUBLICIDADE
IPCA
0,87 Ago.2021
Topo

Ações da Gerdau são destaque entre indicações dos analistas; veja por quê

Conteúdo exclusivo para assinantes

Márcio Anaya

Colaboração para o UOL, em São Paulo

12/08/2021 04h00

As ações preferenciais (PNs) da siderúrgica Gerdau (GGBR4), uma das principais fornecedoras de aços especiais do mundo, estão entre os destaques da semana nas carteiras recomendadas por analistas.

Os papéis da empresa receberam duas indicações de investimento no período, segundo acompanhamento realizado pelo UOL com sete casas de análise. Entenda por que os analistas escolheram a empresa, e veja outras ações que estão em destaque na semana.

Ações da Gerdau estão em tendência de alta

A companhia foi mantida nos portfólios selecionados pela Mirae Asset Corretora e pela XP Investimentos, que afirma, em relatório de análise gráfica, que as ações PN da Gerdau estão atualmente em "tendência de alta".

Na semana passada, a empresa divulgou um forte resultado relativo ao segundo trimestre deste ano. O lucro líquido da Gerdau foi de R$ 3,9 bilhões no intervalo, com aumento expressivo ante o ganho de R$ 315 milhões apurado um ano antes.

Um dos destaques do balanço foi o recorde trimestral da geração operacional de caixa medida pelo Ebitda, que totalizou R$ 5,9 bilhões (em valores ajustados) de abril a junho, frente a R$ 1,3 bilhão em igual período de 2020.

A primeira semana de agosto também foi de anúncios importantes ao mercado em termos de capacidade produtiva. A Gerdau divulgou um plano de investimento de R$ 6 bilhões em Minas Gerais nos próximos cinco anos, para modernização, atualização tecnológica e ampliação de suas operações locais.

Segundo comunicado da empresa, os aportes incluem o aumento da produção de aço em Ouro Branco (MG), onde a empresa possui sua principal usina. A unidade terá a capacidade de produção de bobinas a quente ampliada em 250 mil toneladas/ano, a partir do início de 2024.

Além disso, a produção de perfis estruturais será ampliada em 500 mil toneladas/ano, dobrando a atual capacidade, com início de produção estimado para 2025.

Bancos lideram movimentação de indicações

O setor bancário chama atenção nesta semana em relação às trocas nas carteiras recomendadas de ações. No total, foram duas estreias e três exclusões de papéis do segmento.

A movimentação abrange as ações PN do Bradesco (BBDC4), que seguem na lista da XP Investimentos, mas deixaram os portfólios indicados pela Guide e pela Mirae Asset Corretora.

Outra instituição em foco é o Banco Inter (BIDI11), cujas units (cesta de ações) estão entre as novidades selecionadas pela MyCap, mas suas ações PN (BIDI4) foram substituídas na revisão feita pela Elite Investimentos.

Por fim, a inclusão das units do Santander Brasil, no lugar dos papéis ordinários (ONs) da Porto Seguro, foi a única mudança realizada pela Ativa Investimentos nas indicações do período.

Confira aqui outros destaques e as carteiras completas de ações recomendadas nesta semana. Os códigos e preços dos papéis podem ser conferidos na página de cotações do UOL Economia.

Este material é exclusivamente informativo, e não recomendação de investimento. Aplicações de risco estão sujeitas a perdas. Rentabilidade do passado não garante rentabilidade futura.

PUBLICIDADE