PUBLICIDADE
IPCA
0,87 Ago.2021
Topo

Como usar os juros altos para ganhar dinheiro com investimento conservador?

Conteúdo exclusivo para assinantes

Raphael Coraccini

Colaboração para o UOL, em São Paulo

05/09/2021 04h00

Diante do cenário de alta de juros para combater a inflação, o investidor tem na renda fixa uma nova possibilidade de lucratividade, ainda não como nos períodos de Selic na casa dos dois dígitos, mas já mais interessante que o cenário do ano passado, com os juros a 2% ao ano.

A especialista em investimentos da XP e estrategista-chefe da Rico Investimentos, Betina Roxo, explicou, durante o Guia do Investidor UOL, o papel de alguns investimentos conservadores, como Tesouro Direto e CDB, na carteira dos investidores e como eles podem se beneficiar com a alta dos juros. Veja abaixo como usar os juros altos para ganhar mais dinheiro na renda fixa.

Quais investimento ganham com os juros altos?

Os juros altos favorecem investimentos como os CDBs (Certificados de Depósito Bancário), em que o investidor empresta dinheiro para uma instituição financeira ou empresa, e em troca recebe juros sobre o que investiu.

"A gente está muito acostumada com a dinâmica de pedir empréstimo no banco, mas você pode também emprestar dinheiro para o banco. Essa instituição devolve o montante aportado mais os juros estabelecidos entre as duas partes", afirma Betina.

A taxa de juros também é aplicada nas LCAs (Letras de Crédito do Agronegócio) e nas LCIs (Letras de Crédito Imobiliário), que, assim como o CDB, serve para o investidor financiar o setor privado, mas, desta vez, focado em setores específicos.

As taxas que incidem sobre esses investimentos podem ser pós-fixadas ou prefixadas. "A vantagem principal é a isenção de imposto", afirma Betina, que esteve no Guia do Investidor UOL.

Ainda como forma de financiar o setor imobiliário e o agronegócio, o investidor pode comprar CRIs (Certificados de Recebíveis Imobiliários) ou CRAs (Certificados de Recebíveis do Agronegócio). Essas modalidades são um pouco diferentes das LCIs e LCAs porque é um dinheiro que o investidor empresta para o banco para que a instituição financeira energize suas linhas de crédito específicas para esses setores.

O Tesouro Direto também é beneficiado pelos juros. Assim como outras opções, ele tem as versões de taxas prefixadas ou pós-fixadas. É preciso lembrar que os investimentos prefixados vão respeitar a taxa de juros que foi acordada na hora do fechamento do contrato. Já as opções pós-fixadas vão acompanhar algum indicador, que pode ser a inflação (Tesouro IPCA) ou os próprios juros (Tesouro Selic).

Recorrer a uma ou outra opção vai depender muito do objetivo de cada um.

"Se a pessoa é mais conservadora, é mais interessante ter pós-fixado, que tem a possibilidade de andar junto com os juros", afirma Betina. Dessa maneira, o investidor não ganha muito dinheiro em comparação a outros investimentos mais arriscados, mas também não vê o investimento derreter diante do aumento da inflação acima dos juros.

Este material é exclusivamente informativo, e não recomendação de investimento. Aplicações de risco estão sujeitas a perdas. Rentabilidade do passado não garante rentabilidade futura.

PUBLICIDADE

O Guia do Investidor UOL é uma série de eventos quinzenais e gratuitos que apresenta todos os passos para quem quer aprender a investir e entender melhor sobre o mercado financeiro. Veja as histórias inspiradoras e dicas de especialistas para multiplicar o seu dinheiro