PUBLICIDADE
IPCA
0,87 Ago.2021
Topo

Dívidas dos EUA e outros 4 temas que podem afetar a Bolsa

Conteúdo exclusivo para assinantes

Carol Paiffer

Colaboração para o UOL, em São Paulo

07/10/2021 04h00

Acompanhe no Café com Mercado, do UOL, cinco assuntos que podem movimentar a Bolsa nesta quinta-feira (7), e uma ação para ficar de olho.

1) Dívidas dos EUA - Na quarta-feira (6), a medida que impede o calote de dívidas do governo norte-americano ganhou mais um capítulo e animou os mercados.

O principal republicano no Senado dos EUA, Mitch McConnell, disse que seu partido apoiaria um aumento do teto da dívida do país até dezembro.

Até então, os republicanos se recusavam a apoiar a medida, o que deixaria o país sem dinheiro para cumprir com obrigações, como o pagamento de aposentadorias e juros dos títulos públicos do país, a partir do dia 18 de outubro.

O anúncio aliviou o mercado norte-americano ontem e ajudou o Ibovespa a se recuperar da forte queda que sofria até então. O índice chegou a cair 2% na parte da manhã, mas fechou com leve alta de 0,09%.

O dólar fechou praticamente estável, com leve alta de 0,02%.

Apesar do apoio, o Senado adiou a votação sobre o aumento do teto da dívida.

2) Desemprego nos EUA - Nos EUA, será divulgado o número de novos pedidos de seguro-desemprego feitos na última semana.

O dado é publicado toda quinta-feira e revela como está a economia norte-americana. Isso afeta as expectativas dos investidores e pode movimentar a Bolsa por aqui também.

3) Crise energética na Europa - Outro assunto que vem preocupando os investidores no mundo é a crise energética na Europa, que viu o preço do gás natural bater recorde histórico.

Segundo o Independent Commodity Intelligence Services, somente no Reino Unido o aumento foi de cerca de 300%, em cerca de um mês.

O avanço no preço do gás e do petróleo, que também subiu às máximas dos últimos cinco anos, acelera ainda mais a inflação no continente e preocupa os investidores, que temem a queda do consumo e desaceleração econômica dos países da região.

4) Juros da zona do euro - Nesta quinta-feira (7), será publicada a ata da última reunião do Banco Central Europeu (BCE), órgão responsável pela decisão sobre os juros na zona do euro.

Os investidores temem que os incentivos econômicos no bloco diminuam antes do esperado —o que impacta nas decisões de investimentos ao redor do mundo e pode movimentar a Bolsa por aqui.

5) CPI da Covid - Nesta quinta-feira (7), a CPI da Covid ouve Tadeu Frederico Andrade, cliente da Prevent Senior, e Walter Correa de Souza Netto, ex-médico da empresa operadora de planos de saúde. Ambos serão ouvidos como testemunhas.

Tadeu Frederico teve covid-19 e recebeu, como receita, o "kit covid". O seu quadro foi agravado, e ele teve de ser internado em uma UTI.

Walder Correa de Souza Neto, por sua vez, poderá esclarecer se os médicos do plano tinham autonomia e se realmente havia distribuição indiscriminada do chamado kit covid.

Os depoimentos são importantes, pois podem agravar ainda mais as denúncias de que a seguradora agiu em favor do governo para tentar validar, de maneira ilícita, o tratamento com o kit covid.

Fique de Olho

O analista Lucas Claro, do BTG Pactual Digital, traz para o Fique de Olho de hoje a rede de hospitais, Rede D'or (RDOR3).

Na quarta-feira (6), a rede anunciou a compra de mais um hospital, e isso anima os analistas no longo prazo, pois mostra que a companhia está seguindo a agenda divulgada em seu IPO.

O programa Café com Mercado é apresentado pela fundadora e presidente da Atom S.A., Carol Paiffer.

Conheça os recursos do serviço de orientação financeira da página de Investimentos do UOL, para quem quer investir melhor.

Entre no grupo UOL Investimentos e receba notícias de investimento no WhatsApp.

Tem alguma dúvida ou sugestão? Fale com a gente: uoleconomiafinancas@uol.com.br

Este material é exclusivamente informativo, e não recomendação de investimento. Aplicações de risco estão sujeitas a perdas. Rentabilidade do passado não garante rentabilidade futura.

PUBLICIDADE