PUBLICIDADE
IPCA
1,25 Out.2021
Topo

Klabin é destaque entre ações mais recomendadas da semana por analistas

Conteúdo exclusivo para assinantes

Márcio Anaya

Colaboração para o UOL, em São Paulo

28/10/2021 04h00

As units (cesta de ações) da Klabin, maior produtora e exportadora de papéis para embalagens do país, receberam duas recomendações de investimento nesta semana e figuram entre os destaques das carteiras indicadas por analistas.

O levantamento, realizado pelo UOL, abrange as divulgações feitas por sete corretoras. Entenda abaixo por que a empresa é a queridinha dos analistas nesta semana.

Ações da empresa podem se recuperar de baixas

A empresa é uma das novidades do portfólio selecionado pela Ativa Investimentos para esta semana. Em breve relatório de análise gráfica, a instituição afirma que o papel "caminha para reverter a tendência de baixa ainda vigente no médio prazo".

A Terra Investimentos, que manteve as units da Klabin entre suas preferências da semana, também vê potencial de alta dos ativos com base no comportamento recente na B3.

A corretora destaca ainda que a companhia é a única brasileira a fornecer ao mercado, ao mesmo tempo, as celuloses de fibra curta (eucalipto), de fibra longa (pinus) e "fluff" — utilizada principalmente nos segmentos de absorventes e fraldas descartáveis, pela alta capacidade de absorção.

No início da semana, a Klabin foi questionada pela B3 em razão de oscilações atípicas ocorridas com seus papéis — incluindo os ordinários, preferenciais e as units —, entre os dias 8 e 22 de outubro.

Em resposta à Bolsa, a empresa disse ter consultado seus administradores e acionistas controladores, que afirmaram não ter conhecimento de nenhum fato ou informação que pudesse justificar o comportamento das ações.

Na terça (26), a companhia divulgou um lucro líquido de R$ 1,2 bilhão no terceiro trimestre deste ano, revertendo prejuízo de R$ 191,2 milhões contabilizados em igual período de 2020. No mesmo intervalo comparativo, a receita líquida da Klabin aumentou 40%, totalizando R$ 4,3 bilhões.

Também no dia 26, a empresa aprovou a distribuição de R$ 402 milhões em proventos aos acionistas, sendo R$ 300 milhões em dividendos e o restante em juros sobre capital próprio. Segundo o comunicado da Klabin, o pagamento acontecerá no dia 11 de novembro.

A companhia informou ainda que Wolff Klabin irá presidir o conselho de administração até a data em que for realizada a assembleia geral ordinária de 2022. Ele completará o mandato de Armando Klabin, que morreu no mês passado.

B3 sai de duas carteiras, mas se mantém entre destaques

As ações da B3 deixaram de fazer parte, nesta semana, dos portfólios indicados pela Ativa e pela Guide Investimentos. Ainda assim, a empresa recebeu dois apontamentos — por parte da Terra Investimentos e da XP — e se manteve na lista das mais indicadas para o período.

O balanço financeiro da Bolsa, relativo ao terceiro trimestre deste ano, será divulgado no dia 11 de novembro.

Confira outros destaques e as carteiras completas recomendadas para esta semana. Os códigos e preços das ações podem ser conferidos na página de cotações do UOL Economia.

Este material é exclusivamente informativo, e não recomendação de investimento. Aplicações de risco estão sujeitas a perdas. Rentabilidade do passado não garante rentabilidade futura.

PUBLICIDADE