PUBLICIDADE
IPCA
1,06 Abr.2022
Topo

Ações da Méliuz oscilam após balanço negativo: ainda vale investir?

Reprodução
Imagem: Reprodução
Conteúdo exclusivo para assinantes

Lílian Cunha

Colaboração para o UOL, de São Paulo

30/03/2022 12h29

Depois de divulgar, na última terça-feira (29), prejuízo em seu balanço do quarto trimestre de 2021, as ações da plataforma de cupons de desconto e cashback Méliuz (CASH3) despencaram na manhã desta quarta-feira (30). Por volta das 11h apresentava queda de 3%. Porém, o cenário se inverteu e às 12h o papel estava precificado em R$ 2,68, com alta de 1,52%.

Mas, com os resultados negativos e oscilação de preços, o investidor deve se livrar das ações da Méliuz? Confira o que dizem os especialistas do mercado.

A Méliuz teve prejuízo líquido consolidado de R$ 34,3 milhões em 2021, depois de ter alcançado um lucro de R$ 19,6 milhões no ano anterior. A receita líquida avançou 110%, para R$ 263,5 milhões, na comparação de um ano com o outro. Já o Ebitda (lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização, na sigla em inglês) ficou negativo em R$ 34,9 milhões.

Contudo, mesmo com o balanço negativo, o número de usuários ativos da companhia cresceu 76% na comparação anual. Foram 9,4 milhões dentre as 22,4 milhões de contas totais.

"Vimos mais pontos positivos do que negativos no balanço [da Méliuz]. O crescimento da base de clientes foi bom, assim como o crescimento das vendas totais no marketplace.
William Teixeira, chefe de renda variável da Messem

É hora de comprar ações da Méliuz?

Sim, segundo Renan Manda, analista-chefe do setor financeiro da XP. "Não esperamos uma reação negativa das ações e mantemos nossa visão positiva de longo prazo sobre a empresa", afirma em relatório sobre a empresa.

Apesar de o resultado ser abaixo do esperado, a empresa manteve um ritmo de crescimento robusto e superou nossas estimativas de receita para o trimestre. Não esperamos uma reação negativa das ações e mantemos nossa visão positiva de longo prazo.
Renan Manda, analista-chefe do setor financeiro da XP

Este material é exclusivamente informativo, e não recomendação de investimento. Aplicações de risco estão sujeitas a perdas. Rentabilidade do passado não garante rentabilidade futura.