PUBLICIDADE
IPCA
1,06 Abr.2022
Topo

Ações das Americanas caem quase 6% após mercado estimar inflação mais alta

Lojas Americanas: inflação derruba ações - Divulgação
Lojas Americanas: inflação derruba ações Imagem: Divulgação
Conteúdo exclusivo para assinantes

Lílian Cunha

Colaboração para o UOL, no Rio

26/04/2022 15h44

As ações da Americanas (AMER3) despencam 5,95%, vendidas a R$ 24,82, de acordo com a cotação das 15h desta terça-feira (26). O que faz o papel cair tanto é a perspectiva de maior inflação, segundo especialistas.

Hoje o Banco Central voltou a publicar o Relatório Focus após um mês sem apresentar o levantamento, feito com mais de 100 instituições financeiras. A pausa na divulgação ocorreu devido à greve dos servidores do BC. No relatório, o mercado afirma que a inflação em 2022 será de 7,65%, mais que o dobro que a meta do BC, de 3,5% com tolerância de 1,5 ponto percentual (ou seja: entre 2% e 5%). Há quatro semanas, no último boletim divulgado, a estimativa era que o índice seria de 6,86%.

No cenário entram ainda o dólar em alta, a expectativa com a divulgação do índice de inflação (IPCA-15), amanhã (27), e a espera pela decisão do Copom (Comitê de Política Monetária) sobre juros, em 4 de maio.

Mas, o que fazer com as ações? Veja abaixo a análise de especialistas:

"Mais inflação, mais juros e, consequentemente, menor a renda para consumo. Isso atinge negativamente as ações da empresa de varejo", diz Guilherme Rebouças de Oliveira, sócio da OBB Capital Partners. Apesar do cenário, Oliveira acredita que, a longo prazo, a empresa ficará mais eficiente. "Estamos com uma visão positiva atualmente em Lojas Americanas pela mudança na administração", afirma ele, que recomenda a compra.

No fim do ano passado, as Lojas Americanas e a Americanas S.A. oficializaram a incorporação das ações da holding (LAME3 e LAME4) pela empresa (AMER3). A operação simplifica a estrutura de governança corporativa das companhias. As ações da Lojas Americanas (LAME3 e LAME4) deixaram de ser negociadas. Desde janeiro, a única ação listada na Bolsa passou a ser a da Americanas S.A. (AMER3).

O Banco Safra faz recomendação semelhante, com preço alvo de R$ 34, citando um "potencial para criar valor" no futuro.

A XP, porém, tem recomendação neutra para a ação, com preço alvo de R$ 40.

Este material é exclusivamente informativo, e não recomendação de investimento. Aplicações de risco estão sujeitas a perdas. Rentabilidade do passado não garante rentabilidade futura.