PUBLICIDADE
IPCA
0,47 Mai.2022
Topo

Ações da dona da Hering têm alta de 2,45% com desaceleração da inflação

Conteúdo exclusivo para assinantes

Lílian Cunha

Colaboração para o UOL, de São Paulo

30/05/2022 12h35

A expectativa de uma inflação menos acelerada está beneficiando hoje algumas ações de varejo, principalmente as de empresas mais focadas em consumidor de maior poder aquisito. É o caso do grupo Soma (SOMA3), dono da Hering e de marcas como Farm e Animale. Por volta de 11h30, a ação teve a maior alta do pregão desta segunda-feira (30), com valorização de 2,45% e preço em R$ 11,73.

Segundo especialistas do mercado, o resultado teve relação com o IGP-M (Índice Geral de Preços-Mercado) divulgado nesta manhã. O índice de maio foi de 0,52%, contra 1,41% em abril, indicando desaceleração. Combustíveis e a bandeira verde da energia elétrica ajudaram a evitar uma maior alta dos preços em geral. E, como nos próximos dias saem outros índices de preços, o mercado vê oportunidade de números mais otimistas valorizarem os papéis.

Vale a pena investir?

Confira abaixo a análise de especialistas, em espaço voltado para assinantes:

No primeiro trimestre deste ano, o Soma teve lucro líquido de R$ 42,5 milhões, um total 185% superior ao reportado no mesmo trimestre de 2021, quando havia muita restrição ao comércio por conta da pandemia de coronavírus.

O lucro antes dos juros, impostos, depreciação e amortização (Ebitda, na sigla em inglês) cresceu 345,7% entre janeiro e março de 2022, totalizando R$ 104,3 milhões, na comparação com o resultado do mesmo período de 2021.

Frente a este cenário positivo, mais as perspectivas de redução de inflação, o BTG Pactual avalia que vale a pena investir.

O banco recomenda compra e espera que o preço, em R$ 11,73 às 11h30 de hoje, chegue a R$ 17. "Os números trimestrais reforçam o sólido dinamismo do Grupo Soma, que esperamos persista diante da recuperação do consumo das classes de maior renda, apesar da crescente espiral inflacionária esperada para os próximos meses", publicou o banco em relatório.

A XP também recomenda a compra dos papéis, com preço alvo de R$ 21.

Este material é exclusivamente informativo, e não recomendação de investimento. Aplicações de risco estão sujeitas a perdas. Rentabilidade do passado não garante rentabilidade futura.