PUBLICIDADE
IPCA
0,47 Mai.2022
Topo

Impacto de covid e juros da Europa fazem Renner cair 3%, diz analista

Conteúdo exclusivo para assinantes

Lílian Cunha

Colaboração para o UOL, em São Paulo

09/06/2022 13h39

Os ativos da Lojas Renner (LREN3) caem 3,3% nesta quinta-feira (3), sendo vendidos a R$ 25,48.

O movimento ocorre após a presidente do BCE (Banco Central Europeu), Christine Lagarde, anunciar que não descarta um aumento de 50 pontos-base na taxa de juros na zona do euro em setembro. Segundo Marcio Loréga, analista-chefe do PagBank, o possível aumento de juros na Europa indica que o mesmo deve acontecer por aqui.

"É um fluxo de recessões que pesam aqui também", afirma Loréga.

No cenário nacional, também conta o aumento recente nos casos de covid-19, avalia o analista. Ontem, o Brasil registrou quase 50 mil infecções e 299 mortes por covid-19 em 24 horas. "Existe um temor no mercado de que novas restrições possam voltar e atingir o comércio", diz Loréga.

Confirma abaixo, em espaço reservado para assinantes, a análise de especialistas e as indicações de compra e venda dessas ações.

O que fazer com as ações?

O BTG recomenda a compra e acredita em uma valorização até R$ 37.

"Ainda vemos a Renner bem posicionada para ganhar participação de mercado nos próximos trimestres no fragmentado segmento de varejo de vestuário brasileiro", publicou o banco.

A Mirae Asset também acha que ainda é uma boa compra, e estipulou um preço alvo de R$ 35,96.

Este material é exclusivamente informativo, e não recomendação de investimento. Aplicações de risco estão sujeitas a perdas. Rentabilidade do passado não garante rentabilidade futura.