PUBLICIDADE
IPCA
0,47 Mai.2022
Topo

Weg tem alta após mês de queda; banco estima valorização de 75%

Linha de montagem da Weg - Getty Images
Linha de montagem da Weg Imagem: Getty Images
Conteúdo exclusivo para assinantes

Lílian Cunha

Colaboração para o UOL, em São Paulo

20/06/2022 15h14Atualizada em 20/06/2022 15h14

Depois de uma queda de 6,16% no último mês, as ações da fabricante de motores elétricos Weg (WEGE3) reverteram a tendência de baixa. Hoje, elas estão entre as mais valorizadas do dia, com alta de 6,48%, negociadas a R$ 24,31, às 14h30.

O movimento acontece após o BTG elevar a estimativa de ganhos com a ação.

"Apesar de não sabermos por quanto tempo o mercado global vai continuar negativo (bear market), os níveis de avaliação atuais e um modelo de negócios à prova de crises suportam nosso 'upgrade' para 'compra' e uma expectativa de preço alvo de R$ 40 para a ação em 12 meses, com valorização de 75%", publicou o banco.

O que leva à valorização e quais os riscos

O banco lista quatro fatores: busca por maiores investimentos em eficiência energética — o que significa comprar motores mais modernos, uma vez que os custos crescentes de energia forçam as empresas a cortar desperdícios —; a crescente relevância das energias renováveis; a demanda maior por digitalização e automação da indústria; e a migração para a mobilidade elétrica.

Mas há riscos. O cenário macro está sempre jogando contra. "Os mercados de ações globais estão precificando a desaceleração nas principais economias devido ao aumento das taxas de juros em todo o mundo", publicou o BTG.

E vale a pena mesmo comprar?

Para a XP, é uma boa compra, com estimativa de valorização até R$ 45.

A Mirae Asset também gosta do ativo e fixou preço alvo em R$ 40,85.

O PagBank também recomenda compra.

Este material é exclusivamente informativo, e não recomendação de investimento. Aplicações de risco estão sujeitas a perdas. Rentabilidade do passado não garante rentabilidade futura.