PUBLICIDADE
IPCA
0,64 Set.2020
Topo

Rússia prevê queda de 3% no PIB e inflação de 12%

31/01/2015 12h39

Moscou, 31 Jan 2015 (AFP) - O governo russo prevê uma contração do Produto Interno Bruto (PIB) de 3% em 2015, com uma inflação próxima de 12%, devido à queda do preço do petróleo e às sanções impostas pelo Ocidente após a crise na Ucrânia, anunciou neste sábado o ministro da Economia.

O ministro da Economia russo, Alexei Uliukaiev, projeta que as fugas de capital somarão 115 bilhões de dólares, segundo informaram as agências russas, que afirmaram que o governo ajustou suas previsões considerando que o barril de cru ficará em torno dos 50 dólares.

Até agora o governo projetava uma contração do PIB de 0,8%, após um fraco crescimento de 0,6% em 2014, embora vários ministros tenham afirmado que este diagnóstico deve ser revisado em baixa.

O ministro acrescentou que segundo este novo panorama, haverá uma contração significativa do PIB, da ordem de 3%.

No entanto, outras previsões projetam uma contração de cerca de 5% e o mesmo Banco Central russo afirma que até a metade de dezembro o PIB pode cair cerca de 4,8%.

Já a inflação deve ficar em 12% em 2015, devido à desvalorização do rublo e o embargo dos Estados Unidos e da União Europeia, que afeta fortemente aos produtos alimentares.