Petróleo fecha em queda em NY, a US$ 31,62

Nova York, 1 Fev 2016 (AFP) - O petróleo encerrou em queda em Nova York, nesta segunda-feira, em um mercado que não acredita em um acordo rápido para reduzir a oferta e está preocupado com o vigor da demanda.

O barril de "light sweet crude" (WTI) para março perdeu US$ 2, a US$ 31,62, recuando em boa parte dos ganhos da semana passada.

Os preços haviam-se tonificado na última semana, quando se especulou que a Rússia e a Organização dos Países Exportadores de Petróleo (Opep) negociariam entre si para reduzir a produção.

Agora, porém, o mercado está convencido de que isso não vai acontecer, declarou Bart Melek, da TD Securities.

"Considera-se que a visita do ministro venezuelano do Petróleo, Eulogio del Pino, aos grandes países produtores confirmará, provavelmente, que não se prepara qualquer ação coordenada para remediar a oferta excedente", comentou o analista Tim Evans, do Citi.

Além disso, parece que "a Opep produz ainda mais petróleo", diante do aumento da produção do Irã, após a suspensão das sanções que bloqueavam mercados ao país.

Para Bart Melek, a oferta tem poucas chances de se reduzir de forma coordenada.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos