Bolsas

Câmbio

Wall Street fecha em queda afetada pelo petróleo

Nova York, 2 Fev 2016 (AFP) - Wall Street recuou no fechamento nesta terça-feira, depois que a nova queda do petróleo voltou a expor a preocupação com o lento crescimento econômico mundial: o Dow Jones caiu 1,80%, e o Nasdaq, 2,24%.

O índice industrial Dow Jones cedeu 295,64 pontos, situando-se nas 16.153,54, e o Nasdaq perdeu 103,42 pontos, situando-se nas 4.516,95 unidades.

O índice S&P 500 caiu 36,35 pontos (1,87%), nas 1.903,03 unidades.

Pelo segundo dia consecutivo, a queda do petróleo afetou Wall Street, com o cru WTI sendo negociado em Nova York a menos de 30 dólares. É a primeira vez que isso acontece desde 21 de janeiro.

"Tudo foi pelo petróleo. Não há dúvidas disso", afirmou o economista-chefe da First Standard Financial, Peter Cardillo.

A persistente depressão dos preços provoca um temor generalizado no setor financeiro.

Nesse contexto de debilidade mundial, os investidores não encontraram alívio suficiente nos excelentes resultados da Alphabet, que substituiu a Apple como a primeira empresa em termos de capitalização financeira.

Em 2015, a empresa teve resultados melhores do que o esperado, mas não provocou euforia nesta terça. Hoje, suas ações registraram uma moderada alta de 1,32%, a 780,91 dólares.

O mercado de títulos subiu. Às 19h20 (horário de Brasília), o rendimento dos bônus do Tesouro para dez anos caía para 1,862% contra 1,949% de segunda-feira, e o dos papéis para 30 anos, a 2,671% contra os anteriores 2,765%.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos