Alemanha subsidiará compra de veículos elétricos

Berlim, 27 Abr 2016 (AFP) - O governo alemão anunciou nessa quarta-feira que subsidiará a compra de veículos elétricos a partir de maio, atendendo uma antiga reivindicação dos fabricantes alemães de automóveis.

O Estado dedicará uma partida de 600 milhões de euros e os fabricantes alemães o mesmo montante, anunciou o ministro das Finanças Wolfgang Schäuble en Berlín.

Cada compra de um veículo 100% elétrico será subsidiada com até 4.000 euros (2.000 de dinheiro público e 2.000 do fabricante).

Para os híbridos recarregáveis, o valor será de somente 3.000 euros, seguindo a mesma pauta de 50/50.

Berlim declara há algum tempo seu apoio ao setor de carros elétricos e tem como objetivo que um milhão de veículos elétricos circule pelas ruas alemãs em 2020, mas até agora se negava a financiar diretamente a compra de veículos.

Com as medidas anunciadas nessa quarta-feira, "daremos um verdadeiro impulso, que fará avançar a tecnologia e também baixar os preços", declarou o ministro da Economia, Sigmar Gabriel, que espera que a Alemanha supere a barreira de 500.000 veículos elétricos rapidamente.

O governo também prometeu 300 milhões em investimentos até 2020 em estações de recarga e 100 milhões de euros para a compra de veículos elétricos para o parque de automóveis público. No total, estimular o setor custará 1 bilhão de euros aos cofres públicos.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos