Bolsas

Câmbio

Ecologistas alemães bloqueiam central térmica no leste do país

Proschim, Alemanha, 14 Mai 2016 (AFP) - Cerca de 2.000 ativistas ambientais alemães bloquearam uma central térmica no leste do país, neste sábado, depois de terem impedido o acesso a uma mina de carvão do grupo Vattenfall, como parte de uma campanha internacional contra o uso de energias fósseis.

Pela manhã, esses militantes chegaram a pé, de bicicleta e de ônibus para bloquear a entrada da central térmica Schwarze Pumpe, relataram os organizadores.

À tarde, também bloquearam uma das vias férreas que levam à central, de acordo com uma porta-voz da unidade.

Ontem, vestidos com macacões brancos e máscaras antigases, os militantes invadiram a mina a céu aberto de Proschim, perto da fronteira com a Polônia, na região de Lusácia. Os ecologistas espalharam cartazes pelo chão e sobre as gigantescas escavadeiras, onde se lia: "Deixem-as no chão", "Cena de crime climático", ou "Alerta sobre o clima, estamos destruindo nosso futuro".

"Cada tonelada de carvão que se extrai é uma tonelada além do necessário", denunciaram os organizadores.

O porta-voz da Vattenfall Thoralf Schirmer disse que uma queixa foi apresentada na sexta à noite contra esses bloqueios.

A ação faz parte da campanha internacional "Break Free" (Libertemo-nos) promovida por ONGs como o Greenpeace, ou 350.org. Foi deflagrada no início de maio, em vários países - entre eles Estados Unidos, Canadá, Brasil, Austrália e Nigéria - para exigir uma redução drástica das energias fósseis.

Essa jazida alemã produz anualmente 20 milhões de toneladas de lignito, um carvão fóssil com alto teor de carbono.

A Alemanha pretende fechar todas as suas usinas nucleares até 2022, mas ainda depende fortemente do carvão, que representa 42% da sua produção de eletricidade.

bur-dsa/ger/jz/lmm/db/mvv/tt

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos