Petróleo baixa com dólar alto e aversão ao risco

Nova York, 19 Mai 2016 (AFP) - O petróleo fechou em queda nesta quinta-feita com a valorização do dólar e um clima geral de aversão ao risco.

No mercado de Nova York o barril de "light sweet crude" (WTI) para junho, que nesta semana atingiu seu preço mais alto desde outubro, caiu 11 centavos, a 48,67 dólares.

Em Londres, o barril de Brent para entrega em julho, que também chegou ao seu preço mais alto nesta semana, caiu 12 centavos, a 48,81 dólares.

"Os preços sofrem pela valorização do dólar após as atas da reunião do Federal Reserve", disse Andy Lipow, da Lipow Oil Associates.

O dólar se valorizou após a divulgação das atas porque elas mostram que o Fed considera subir a taxa de juros. Isso pesa no preço do petróleo, negociado na moeda americana.

Além de um eventual endurecimento da política monetária do Fed, gera-se "uma onda de aversão ao risco", como disse Tim Evans, analista do Citi.

Evans estima ainda que os preços passam por um "previsível reequilíbrio técnico" a medida que os problemas de produção do Canadá e da Nigéria vão diminuindo.

"O mercado fez uma pausa com algumas realizações de lucros", afirmou Mike Lynch, da Strategic Energy & Economic Research.

"Talvez os investidores acreditem simplesmente que os preços subiram muito nos últimos dias ou nas últimas semanas", avaliou.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos