Veja a cronologia da queda do avião da EgyptAir

Cairo, 19 Mai 2016 (AFP) - Veja os principais fatos desde o anúncio, na madrugada desta quinta-feira, do desaparecimento de um avião da EgyptAir que seguia de Paris ao Cairo e que caiu no mar Mediterrâneo com 66 pessoas a bordo.

- 03H21 GMT (00H21 no horário de Brasília): EgyptAir anuncia que o voo MS804, realizado por um Airbus A320, que decolou na quarta-feira à noite às 21H09 GMT (23H09 horário local, 18H09 de Brasília) do aeroporto Paris-Roissy com destino ao Cairo desapareceu dos radares.

A companhia indica pouco depois que 66 pessoas (incluindo 56 passageiros) estavam a bordo e que o avião entrava no espaço aéreo egípcio quando desapareceu dos radares nesta quinta-feira às 00h45 GMT.

- Pouco antes das 05H00 GMT, o vice-presidente da EgyptAir, Ahmed Adel, informa que o avião desapareceu dos radares quando estava "a 30 ou 40 milhas (48 a 64 km) da costa" norte do Egito e que todas as torres de controle não receberam qualquer aviso de emergência.

- 05H06 GMT : o exército egípcio anuncia que a Grécia participa das buscas. Aviões e barcos são mobilizados para tentar localizar o avião.

- 05H36 GMT: a EgyptAir fornece a nacionalidade dos passageiros: 30 egípcios, 15 franceses, um britânico, um canadense, um belga, um português um argelino, um sudanês, um chadiano, dois iraquianos, um saudita e um kuwaitiano.

- 05H45 GMT: os presidentes francês, François Hollande, e egípcio, Abdel Fattah al-Sissi, concordam em "cooperar estreitamente para estabelece o mais rápido possível as circunstâncias do desaparecimento do avião".

- 06H28 GMT: um ex-diretor do Burô de Investigação e Análise (BEA), Jean-Paul Troadec, considera que o fato de o avião Egyptair não ter enviado qualquer mensagem de alerta é sinal de um "evento brutal", "fazendo pensar em um atentado".

- 06H30 GMT: François Hollande preside no palácio do Eliseu uma reunião ministerial de crise. Pouco depois, o ministro das Relações Exteriores, Jean-Marc Ayrault, anuncia a criação de uma célula de crise no Quai d'Orsay.

- 07H15 GMT: "Nenhuma mensagem de alerta" do voo Paris-Cairo foi captada, assegura o exército egípcio, contradizendo assim uma informação dada pouco antes pela EgyptAir.

- 07H43 GMT: a aviação civil grega anuncia que o A320 caiu perto de Karpathos, uma ilha entre Rhodes e Creta, quando já se encontrava no espaço aéreo egípcio.

- 09H30 GMT: as famílias dos passageiros são acolhidas no aeroporto parisiense de Roissy.

- 10H00 GMT: "nenhum problema" foi assinalado pelo piloto no último contato com os controladores de tráfego aéreo gregos, indica a aviação civil grega.

- 10H24 GMT: "nenhuma hipótese está descartada, nenhuma é privilegiada", declarou François Hollande. A procuradoria de Paris abre uma investigação.

- 10h55 GMT: o ministro grego da Defesa, Panos Kammenos, indica que o avião, que estava a mais de 11.000 metros, caiu fazendo dois giros abruptos antes de desaparecer dos radares.

- 12h00 GMT: o ministro egípcio da aviação civil não exclui "nem ato terrorista, nem incidente técnico".

- 13h00 GMT: destroços que poderiam ser do avião da EgyptAir são avistados ao longo da costa de Creta, indica um porta-voz do exército grego.

- 13H11 GMT: o ministro egípcio da aviação civil indica que a hipótese de um "ataque terrorista" é "mais provável" que a de uma falha técnica.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos