Bolsas

Câmbio

Criadouro de galinhas é acusado de maus-tratos de animais na França

Lyon, 25 Mai 2016 (AFP) - Um vídeo impactante filmado por uma associação levou nesta quarta-feira a principal marca de distribuição de ovos da França a parar de se abastecer de um criadouro de galinhas poedeiras, que foi ameaçado de fechamento por maus-tratos de animais.

As imagens mostram galinhas depenadas, uma série de piolhos e vermes, e cadáveres de galinhas em estado de decomposição nas jaulas, repletas de excrementos.

Segundo a associação L214, que milita pela supressão de toda a indústria e todo o consumo de produtos animais, o vídeo foi filmado em abril em um criadouro de Chaleins (leste).

Após a divulgação do vídeo, a maior empresa francesa de ovos, Matines, anunciou que parou de se abastecer deste criadouro, que tem 200.000 galinhas poedeiras e 150.000 frangos. A empresa prometeu retirar da venda "os ovos já comercializados".

O ministro da Agricultura, Stéphane Le Foll, ameaçou fechar o criadouro e a ministra do Meio Ambiente exigiu das autoridades locais uma inspeção e uma decisão "ainda hoje".

san-grd-mc/mb/ma

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos