Bolsas

Câmbio

Congresso dos EUA investiga falhas de segurança no Fed

Washington, 3 Jun 2016 (AFP) - O Congresso dos Estados Unidos iniciou uma investigação sobre segurança informática no Federal Reserve (Fed, banco central americano), após a denúncia de uma série de infrações cometidas nos últimos anos, como pirataria e espionagem.

Em uma carta enviada nesta sexta-feira à presidente do Fed, Janet Yellen, um comitê da Câmara de Representantes pediu para ser informado sobre mais de 50 infrações cibernéticas cometidas entre 2011 e 2015 e recentemente divulgadas por meios de comunicação.

Entre os incidentes, destacam tentativas de hackers de entrar em sistemas do Fed.

"Estes informes trazem sérias dúvidas sobre a postura de cibersegurança do Federal Reserve, inclusive sua capacidade de prevenir as ameaças a informações financeiras altamente sensíveis alojadas nos sistemas da agência", escreveu Lamar Smith, presidente da Comissão de Ciência da Câmara de Representantes.

Smith solicitou à Equipe de Cibersegurança do Fed e à Equipe Nacional de Resposta a Incidentes (NIRT), que lhe forneçam todos os informes disponíveis sobre o tema "sem editar".

O Comitê tem jurisdição sobre o Instituto Nacional de Padrões e Tecnologia, que estabelece as diretrizes sobre cibersegurança e normas relacionadas com as atividades de governo.

Smith citou em sua carta um relatório desta semana da agência Reuters sobre as infrações, baseado em registros internos do Fed censurados e obtidos através de um recurso de acesso à informação por meio da Freedom of Information Act (Lei de liberdade da informação).

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos