Jornalista americano David Gilkey e tradutor são mortos no Afeganistão (imprensa)

Washington, 5 Jun 2016 (AFP) - O jornalista americano David Gilkey e seu tradutor afegão foram mortos este domingo, enquanto viajavam com uma unidade do exército, que foi alvo de um ataque na província de Hemland (sul do Afeganistão), noticiou a National Public Radio, para onde trabalhava Gilkey.

O tradutor foi identificado como Zabihullah Tamanna. Outros dois jornalistas que viajavam com Gilkey - Tom Bowman e Monika Evstatieva - saíram ilesos.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos