ipca
-0,21 Nov.2018
selic
6,5 31.Out.2018
Topo

Petróleo fecha em baixa

13/06/2016 18h51

Nova York, 13 Jun 2016 (AFP) - O petroleo caiu nessa segunda-feira sem poder resistir às inquietudes pela demanda mundial e a melhora nas perspectivas de produção no Canadá e na África.

O barril de "light sweet crude" (WTI) para julho caiu 19 centavos, a 48,88 dólares em Nova York e acumulou seu terceiro fechamento consecutivo em baixa.

Em Londres, o barril de Brent para agosto também baixou 19 centavos, a 50,35 dólares.

O fato de a Líbia poder encontrar um nível de estabilidade que permitiria ao governo reconhecido pela ONU retomar o controle dos terminais de exportação de petróleo pode ter sido um fator para a baixa, segundo Mike Lynch, do grupo Strategic Energy and Economic Research.

Além disso, a produção canadense está sendo normalizada após os incêndios florestais do mês passado, enquanto o governo nigeriano negocia um acordo para conter a rebelião que causou danos às instalações petrolíferas.

"Com toda a retomada da produção na Líbia e na Nigéria demoraria ainda mais para se chegar ao equilíbrio da oferta e demanda", ressaltou Tim Evans, de Citi.

A produção total da Opep caiu 100.000 barris por dia no mês passado. A Nigéria produziu 250.000 barris a menos, mas isso foi compensado pelo aumento da produção no Irã e no Kuwait, segundo Matt Smith, de ClipperData citando um relatório da Opep.

bur-chr/jdy/gm/ll/cc

Mais Economia