Bolsas

Câmbio

Inflação argentina foi de 4,2% em maio, revela primeiro índice em 6 meses

Buenos Aires, 15 Jun 2016 (AFP) - A inflação da Argentina em maio chegou a 4,2%, o primeiro índice divulgado após a suspensão por seis meses das estatísticas, desde a posse do presidente Mauricio Macri, informou o governo nesta quarta-feira.

Os indicadores no governo anterior dos Kirchner (Néstor e Cristina, 2003-2015) estiveram sob suspeita de manipulação e Macri suspendeu os dados por motivos técnicos. O instituto estatal INDEC não revelará a inflação acumulada no ano, mas as consultorias privadas a estimam em quase 25% entre janeiro e maio.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos