Bolsas

Câmbio

Para Obama, Brexit não prejudicará sistema financeiro global

Ottawa, 29 Jun 2016 (AFP) - O presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, disse nesta quarta-feira estar "confiante" em que a votação do Reino Unido pela saída da União Europeia não prejudicará o sistema financeiro global.

"Considerando o voto do Reino Unido pela saída da União Europeia, nossas equipes econômicas continuarão trabalhando juntas para que possamos por o foco em manter nossas economias crescendo e certificando-nos de que o sistema financeiro global é estável, algo em que eu estou confiante de que podemos fazer", disse Obama, durante encontro, em Ottawa, com os contrapartes do México, Enrique Peña Nieto, e do Canadá, Justin Trudeau.

Obama, entretanto, mencionou "preocupações de longo prazo" sobre o crescimento global em um momento de atividade econômica fraca.

"Eu acho que há algumas preocupações genuínas de longo prazo sobre o crescimento global se, de fato, o Brexit congelar as possibilidades de investimento no Reino Unido ou na Europa como um todo", afirmou.

"Em um momento em que as taxas de crescimento globais já estão fracas, isso não ajuda", reconheceu.

jca-amc/ec/cc/mvv

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos