Exportações chinesas se recuperam em junho, mas importações caem

Pequim, 13 Jul 2016 (AFP) - As exportações da China se recuperaram um pouco em junho, mas as importações voltaram a cair, segundo dados divulgados nesta quarta-feira que refletem o estancamento do comércio da principal potência comercial do mundo.

As exportações do gigante asiático cresceram em junho, em termos anuais, 1,3%, a 1,17 trilhão de iuanes (175 bilhões de dólares), segundo dados das Alfândegas disponíveis até o momento apenas em moeda chinesa.

Em abril as exportações caíram (-1,8%) e diminuíram ainda mais em maio (-4% em números apresentados em dólares), em um contexto internacional medíocre.

A recuperação de junho é modesta e pouco significativa: em todo o primeiro semestre as exportações chinesas caíram 2,1% em relação ao mesmo período de 2015.

Por sua vez, as importações caíram 2,3% em junho, a 863 bilhões de iuanes (129 bilhões de dólares). Em todo o primeiro semestre retrocederam cerca de 5%.

wf-jug/spi/me/ra/ma

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos