Brexit: membro do Fed considera prematuro dizer que perigo já passou

Washington, 14 Jul 2016 (AFP) - O voto britânico pela ruptura com a União Europeia (Brexit) desatou incertezas que poderão se tornar um obstáculo para a economia americana, disse nesta quinta-feira um membro do Federal Reserve (Fed).

Dennis Lockhart, presidente do Fed de Atlanta, advertiu que a surpreendente decisão pelo Brexit desestabilizou os mercados por vários dias, mas a maioria deles voltaram às condições prévias ao referendo britânico de 23 de junho.

"É muito cedo para dizer (que está) 'tudo claro' no que se refere aos mercados financeiros", disse Lockhart em discurso pronunciado em uma reunião em Idaho.

Para ele, tanto o Fed como todos os responsáveis por implementar políticas devem continuar em alerta em relação a possíveis "sinais de uma instabilidade severa e suficiente para ameaçar toda a economia".

Lockhart não tem voto no comitê de política monetária do Fed. Esse organismo se reunirá nos dias 26 e 27 deste mês.

Ele disse estar "surpreso" pelo resultado do referendo britânico e afirmou que isso "aumentou o grau de incerteza no mundo".

Ele enfatizou a dificuldade de estimar o quanto a ruptura dos britânicos com a UE poderá impactar a economia americana.

"Os efeitos negativos poderão se materializar no comercial se ocorrer um realinhamento sustentável da taxa de câmbio euro/libra esterlina. Poderíamos ver efeitos similares no nosso comércio com a Europa e a zona do euro", disse.

Uma incerteza que possa reduzir os investimentos nos Estados Unidos "não ajuda" o crescimento, afirmou.

"Resumindo minha visão sobre os efeitos do Brexit: efeitos insignificantes de curto prazo, um fator de risco a médio prazo, elevada incerteza que poderá crescer até ser um persistente vento econômico contra", disse.

jld-vs/pmh/gm/cd/cc/mvv

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos