Bolsas

Câmbio

Militares apreendem mercadorias e detêm ambulantes em Caracas

Caracas, 14 Jul 2016 (AFP) - Militares venezuelanos tomaram nesta quinta-feira (14) uma zona comercial de Caracas considerada a meca do "bachaqueo", como é chamada a revenda de produtos básicos, fazendo detenções e apreensões de mercadorias.

Três dias depois de o presidente Nicolás Maduro colocar o Exército à frente de um plano para conter o desabastecimento no país, cerca de 500 homens ocuparam um setor do leste da capital, conhecido como a redoma de Petare, o maior bairro popular de Caracas.

Acompanhados de policiais e de funcionários de órgãos de controle, os soldados invadiram a área e revistaram vendedores ambulantes que costumam se reunir em uma esplanada na parte baixa da favela e em pontos afastados, de acordo com imagens transmitidas pela emissora oficial VTV.

Cerca de 30 pessoas foram detidas, acusadas de revender produtos subsidiados com ágio de até 6.000%, denunciou o chefe da chamada Zona de Defesa Integral do Distrito Capital, general Carlos Martínez.

Também foi apreendida uma tonelada de produtos, entre eles óleo, arroz, açúcar, café, frango, ovos e leite, bastante escassos no momento, acrescentou o oficial, que não relatou incidentes.

"Pela informação que recebemos de patriotas cooperadores e da Inteligência Social, pudemos detectar que há uma grande quantidade de produtos que está sendo vendida pelo 'bachaqueo'", declarou Martínez à VTV.

A redoma de Petare, onde acontece uma intensa atividade de comércio informal, costuma ser vigiada por militares e policiais. Alguns ambulantes denunciam a extorsão das autoridades para continuarem vendendo suas mercadorias.

"O povo clamava para que nos fizéssemos presentes, e é o que estamos fazendo nesse momento", afirmou o general.

A mercadoria apreendida será posta "à venda supervisionada para a comunidade", acrescentou.

Na última segunda-feira (11), Maduro criou a "Missão de Abastecimento Soberano", a cargo das Forças Armadas, para amenizar a escassez de alimentos e de remédios.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos