Petróleo fecha em baixa em Nova York

Nova York, 18 Jul 2016 (AFP) - O petróleo fechou em baixa nesta segunda-feira, depois que os investidores assimilaram rapidamente o retorno a uma certa normalidade na Turquia, importante canal para o transporte de petróleo, após o fracasso de uma tentativa de golpe de Estado durante o final de semana.

O preço do barril de referência (WTI) para entrega em agosto caiu 71 centavos, a 45,24 dólares, no New York Mercantile Exchange.

Em Londres, o Brent do Mar do Norte para entrega em setembro teve queda de 65 centavos, a 46,96 dólares o barril.

"As operações foram dominadas pela ideia de não haverá problema com o transporte de petróleo pela Turquia", estimou Mike Lynch, da Strategic Energy & Economic Research. "Isso preocupava na sexta-feira, mas não se concretizou. Então os investidores passaram outra vez à venda".

"Consequentemente, o preço do petróleo começa a semana na defensiva embora em um cenário de alívio, porque a tentativa de golpe não interrompeu o funcionamento dos oleodutos e os carregamentos dos buques-cisterna", informou Tim Evans, de Citi.

Devido a sua privilegiada localização entre grandes produtores como, Iraque e Rússia, milhões de barris de petróleo passam todos os dias pela Turquia, tanto através de oleodutos como pelo mar.

"A Turquia também é um grande consumidor de petróleo, e sua demanda aumentou nos últimos anos", afirmaram analistas do Commerzbank, que estimaram o consumo em 850.000 barris por dia.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos