Bolsas

Câmbio

Investidores pedem 8,2 bilhões de euros à Volkswagen por escândalo do 'dieselgate'

Frankfurt am Main, 21 Set 2016 (AFP) - Um grupo de investidores pediu nesta quarta-feira (21) à justiça alemã 8,2 bilhões de euros ao grupo Volkswagen por causa do escândalo dos motores a diesel com software adulterado, informou o tribunal de Brunswick.

No total, 1.400 denúncias foram apresentadas, a maioria de investidores privados, mas também estão incluídos investidores institucionais, que reclamam dois bilhões de euros, indica o comunicado do tribunal desta cidade da Baixa Saxônia, onde fica a sede da Volkswagen.

O escândalo explodiu em 18 de setembro de 2015, quando a montadora admitiu ter adulterado os motores para falsificar o nível de emissões poluentes. Desde então, as demandas não param de crescer pelo temor de prescrição do possível delito.

O grupo europeu, dono de 12 marcas (entre elas Audi, Porsche e Seat), é acusado de ter instalado um software para que o nível de emissões parecesse inferior ao índice real durante os testes.

UOL Carros explica os botões "inéditos" dos novos carros

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos