AIE: mercado de petróleo pode ter reequilíbrio mais rápido se Opep reduzir a produção

Paris, 11 Out 2016 (AFP) - O mercado de petróleo pode obter um reequilíbrio mais rápido se a Opep cortar efetivamente sua produção, afirma a Agência Internacional de Energia (AIE), que antecipa atualmente um excesso de oferta persistente até meados de 2017 em um contexto de demanda mundial mais frágil.

"Se a Opep respeitar o novo objetivo" de reduzir a produção a entre 32,5 e 33 milhões de barris por dia, "o mercado poderia ober o reequilíbrio rapidamente", destaca a AIE no relatório mensal sobre o petróleo, no qual reduz de 1,3 a 1,24 mbd a previsão de crescimento para o consumo mundial em 2016, a 96,3 mbd.

Mas as modalidades para colocar em prática a decisão de reduzir a produção, inédita desde 2008, ainda precisam ser discutidas na reunião do cartel em 30 de novembro em Viena.

"Apesar dos sinais tímidos de que as reservas começam a cair, nossa previsão de oferta-demanda mostra que o mercado - se for deixado livre - pode permanecer excedente durante o primeiro semestre do próximo ano", afirma o relatório da AIE.

O documento destaca em seguida que se a Opep respeitar seu novo objetivo o mercado pode obter o reequilíbrio de modo mais rápido.

Em setembro, a Organização dos Países Exportadores de Petróleo, que inclui 14 países, produziu um novo recorde de 33,64 mbd, ou seja, 160.000 barris por dia a mais na comparação com agosto, mas sobretudo um aumento de 910.000 bd em um ano.

Em ritmo anual, no entanto, a oferta registrou contração de 0,9 mbd, provocada pela desaceleração nos Estados Unidos e na China. O resultado deve ser similar em 2016, com uma recuperação de 0,4 mbd em 2017, de acordo com a AIE.

No conjunto, a produção mundial alcançou 97,2 mbd em setembro, uma alta de 600.000 bd em um mês e de 200.000 bd na comparação com o mesmo período de 2015.

O crescimento da demanda deve ser menor em 2016 que o antecipado. A AIE reduziu a previsão de alta para este ano de 1,3 a 1,24 mbd, a 96,3 mbd.

Em 2017 a demanda deve retomar o crescimento de 1,2 mbd, para alcançar 97,5 mbd.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos