Petróleo cai e fecha abaixo de US$ 50 em NY

Nova York, 25 Out 2016 (AFP) - O petróleo caiu nesta terça-feira (25) em Nova York, vítima da incerteza sobre o acordo de redução da oferta da Organização dos Países Exportadores de Petróleo (Opep).

O barril de WTI perdeu 56 centavos, a US$ 49,96, nos contratos para dezembro.

Em Londres, o barril do Brent para entrega em dezembro recuou 67 centavos, a US$ 50,79.

O Iraque introduziu uma dose de incerteza no mercado, ao indicar que quer ser isentado das cotas de produção, disse James Williams, da firma WTRG.

Os países-membros da Opep estão negociando entre si a forma de dividir o esforço de redução da oferta firmado no final de setembro, em Argel.

Esses pacto permitiu uma alta dos preços, mas, agora, "o mercado não se moverá muito até ter claro como será a política de controle da oferta", avaliou Bart Melek, da TD Securities.

A Opep se reunirá no final de novembro para formalizar esse acordo que incluirá fixar cotas de produção para cada país.

A posição do Iraque, segundo maior produtor do cartel, gera dúvidas persistentes.

Outro obstáculo para a redução da excessiva oferta mundial - e que deve ser levado em conta pela Opep - é a evolução da produção da Nigéria e da Líbia. Esses países estão isentos de cotas de produção, devido a seus problemas políticos.

"Os embarques de petróleo líbio subiram em setembro, graças ao progresso na reabertura de portos e o reinício de tarefas em campos de petróleo", indicou Matt Smith, da ClipperData.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos