Presidente sul-africano Zuma reitera apoio a ministro de Finanças

Joanesburgo, 25 Out 2016 (AFP) - O presidente sul-africano Jacob Zuma reiterou oficialmente nesta terça-feira o apoio a seu ministro de Finanças Pravin Gordhan, acusado de fraude, apesar das fortes tensões que opõem a ambos e dividem o partido no poder.

"Expressamos, no governo, nosso apoio total ao ministro, ao mesmo tempo que se respeita a independência do processo e da procuradoria", garantiu Zuma em uma sessão de perguntas ao Conselho nacional de províncias, a Câmara alta do Parlamento.

"É inocente enquanto um tribunal não o considerar culpado", acrescentou o chefe de Estado.

Pravin Gordhan foi convocado pela Justiça em 2 de novembro para responder às acusações de fraude.

Ele é suspeito de ter favorecido as condições de aposentadoria de um alto funcionário em 2010, durante seu primeiro mandato no ministério das Finanças (2009-2014).

Este caso provoca tensões no partido do Congresso Nacional Africano (ANC), no poder.

sn-pid/pa/sba/eg/mb/cc/mvv

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos