Bolsas

Câmbio

Figo e Ronaldinho Gaúcho querem marcar gols... no mercado digital

Lisboa, 9 Nov 2016 (AFP) - Aplicativos móveis para detectar novos talentos, comunidades virtuais exclusivas ou plataformas de vídeo: as ex-estrelas do futebol Luis Figo e Ronaldinho Gaúcho se lançam no mundo do mercado digital diante de milhares de especialistas reunidos nesta semana em Lisboa.

"A tecnologia é um campo em que todo o mundo quer estar presente, para encontrar o pedaço de mercado que permita ter sucesso", resumiu Figo, Bola de Ouro em 2000 e ex-candidato à presidência da Fifa.

A capital portuguesa, cidade natal do ex-craque de Barcelona e Real Madrid, sedia pela primeira vez o evento Web Summit, a maior encontro digital da Europa.

A indústria do esporte figura entre as grandes temáticas abordadas durante a conferência que reunirá mais de 50.000 pessoas até esta quinta-feira.

Na terça-feira, Figo dividiu o palco principal do evento com Ronaldinho Gaúcho, melhor do mundo em 2004 e 2005 com o Barcelona, para tentar responder a pergunta: "Os jogadores de futebol são bons empresários?".

A resposta parece ser 'sim' no caso de Figo, que aproveita o evento para lançar um novo aplicativo móvel que permite aos jovens jogadores filmarem suas atuações para depois enviar os vídeos aos caça-talentos profissionais.

Trata-se de um aplicativo móvel que lembra o projeto "Dream Football", um site na internet lançado em 2011 e que conta com 100.000 usuários.

Com o novo aplicativo gratuito, Figo acredita conseguir alcançar o número de 100 milhões de downloads antes de buscar rentabilidade com o projeto.

"Esta nova tecnologia nos permitirá detectar talentos de outro modo. Esperamos ajudar os clubes e dar igualdade de oportunidade aos jovens de todo o mundo", explica o ex-jogador de 44 anos transformado em homem de negócios.

- Atleta-empresário -"Nossas carreiras esportivas são curtas. Temos que começar uma nova vida aos 35, 36 anos, mas nem todos nós temos a vontade de ser treinadores", explicou.

Outro craque que vem apostando no mercado digital é Ronaldinho Gaúcho. O brasileiro tenta aproveitar sua notoriedade planetária para promover a plataforma de vídeos Zoome TV, da qual é um dos investidores.

"O mundo avança com a tecnologia. É um novo campo ao qual estou me adaptando e a cada dia eu gosto mais", declarou o campeão mundial de 2002 nesta quarta-feira, em coletiva de imprensa.

Já Louis Saha, ex-jogador da seleção francesa e do Manchester United, usou a própria experiência para fundar a empresa Axis Stars, que quer colocar a tecnologia a serviço dos atletas, oferecendo uma plataforma digital que possa ajudá-los durante e depois da carreira no esporte.

"Os empresários aparecem quando você ganha muito dinheiro, mas depois da aposentadoria você deixa de ser interessante, o que dificulta encontrar patrocinadores e negócios rentáveis. Com Axis Stars nós mantemos seus contatos e as oportunidades podem surgir a qualquer momento", explicou.

Sua rede conta atualmente com 250 membros selecionados pela notoriedade no mundo do esporte, como é o caso do ex-jogador inglês Rio Ferdinand, do tenista Gael Monfils e do jogador de rúgbi Maxime Mermoz, mas espera ampliar a rede para milhares de atletas nos próximos anos.

tsc/els/fz/iga/psr/am/lg

MANCHESTER UNITED

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos